Uma reflexão espirituosa sobre marchas, protestos e badernas

O NEGÓCIO AGORA É RIR PARA NÃO CHORAR

Depois de fazer a Revolução Russa, acabar com as diferenças entre classes sociais e dedicar sua vida ao comunismo, Lênin finalmente morre.

Por ser ateu e ter perseguido os religiosos, acaba condenado, num tribunal de exceção, a queimar pela eternidade nas chamas do inferno…

Ler mais

De que adianta o medo da morte se morremos todos os dias?

A GENTE TAMBÉM MORRE QUANDO ACORDA

A gente morre de tédio, de preguiça, de mesmice. De frio e de mentiras. De amor escondido e expurgado pela covardia.

De afeto enrijecido e estanque. Da flor não manifesta num discurso que se pretendia doce. De medo de encarar as verdades da alma.

Ler mais

Como a velha mídia manipula a morte de Muammar Kadhafi

O CHEFE DE REDAÇÃO
‘Algumas indicações sobre como ler a velha mídia.

Nada do que é dito vale pelo seu valor de face.

Tudo remete a um significado, cuja arte é tratar de camuflá-lo bem.’

Quem desmistifica a grande imprensa é o professor Emir Sader.

Ler mais

Amy Winehouse morre aos 27 anos como Janis Joplin, Jimi Hendrix, Jim Morrison e Kurt Cobain

A CACHAÇA DA HAPPY HOUR
Ao falecer neste sábado, com 27 anos, a cantora Amy Winehouse se junta ao grupo de artistas famosos que morreram com essa mesma idade.

Outra coincidência é que, assim como Amy, também foram encontrados mortos sozinhos em casa ou em quartos de hotéis.

Ler mais

Fosse eu Rei do Mundo, baixava uma lei: Mãe não morre nunca!

DRUMMOND: POEMA PARA O DIA DAS MÃES
Mãe não tem limite, é tempo sem hora, luz que não apaga…
Fosse eu Rei do Mundo, baixava uma lei: Mãe não morre nunca, ficará sempre junto de seu filho.

Ler mais