Pingente de pewter para colar Meia-Lua Quarto Crescente

BIJUTERIA QUE LEMBRA A PRATA MAS NÃO ESCURECE – Pingente para colar inspirado no cinquentenário da conquista da Lua. Sua característica inovadora é o design com réplicas em miniatura da superfície lunar e as suas típicas crateras em alto-relevo. Tem a forma de quarto crescente convexo com acabamento brilhante.

Ler mais

Pingente médio para colar com réplica 3D da superfície da Lua

BIJUTERIA COM O METAL ECOLOGICAMENTE CORRETO – Nossa coleção inspirada nos 50 anos da chegada do homem à Lua apresenta três pingentes redondos com crateras em 3D para o uso como colar. Este modelo é o de tamanho médio, fundido em pewter, liga nobre de estanho semelhante à prata, livre de chumbo e cádmio.

Ler mais

Anel largo de pewter com as crateras da Lua em alto-relevo

PARA USAR EM QUALQUER DEDO E ATÉ NO POLEGAR – Com 11 g de peso e 13 mm de largura, este anel é fundido em pewter, liga livre de chumbo e cádmio de acordo com as normas do INMETRO e legislações da Europa e EUA. Ecologicamente correta, a bijuteria reproduz com fidelidade as crateras da Lua em alto-relevo.

Ler mais

Anel de aranha gigante com pernas articuladas por três dedos

JOIA GÓTICA COM O FORMATO DE UMA TARÂNTULA – Este anel é uma verdadeira raridade: o corpo da aranha fica pousado sobre a mão, preso ao dedo médio, e suas oito pernas com juntas articuladas pelas falanges dos dedos indicador e anelar. Trata-se de uma antiga e rebuscada obra de ourivesaria mecânica.

Ler mais

Um incrível grafite de gnomo prateado fazendo gesto obsceno

EFEITOS EM TONS DE CINZA, BRANCO, AZUL E AMARELO – Quem desenha sabe o quanto é difícil romper os condicionamentos mentais de processar imagens em posição ‘normal’ ou em pé. O grafiteiro Fanakapan não tem problema com isso e criou, assim mesmo, deitado na horizontal, um gnomo com o dedo médio em riste.

Ler mais

Vendas do varejo não caíram tanto: elas mudaram de lugar em 2015

PARA ENTENDER MELHOR ESSA TAL ‘CRISE’

Em 2015, as lojas online movimentaram nada menos que R$ 41,3 bilhões, dinheiro que não rodou no varejo convencional.

Estes valores equivalem a um espetacular aumento de 15% no faturamento das empresas que promovem vendas online.

Ler mais