Uma cidadezinha onde todo mundo mora no mesmo prédio

HABITANTES JUNTOS NUM ÚNICO ENDEREÇO

Um dos maiores desconfortos de morar numa cidade entre dois mil e dez mil habitantes é a quase absoluta falta de privacidade.

Agora imagine viver num lugar em que todos dividam um prédio, onde também funcione a delegacia, a igreja, a escola e as lojas.

Ler mais

A quem interessa mais juros e aumento do desemprego no Brasil?

QUEM GOSTA DE GANHAR SEM TRABALHAR

O Brasil integra hoje o seleto time de países que ostentam as menores taxas de desemprego do mundo, fato inédito na nossa história.

Mas grupos poderosos querem importar a crise neoliberal com o aumento do desemprego para combater uma inflação imaginária.

Ler mais

Mídia fecha com Aécio Neves para desconstruir chapa Campos-Marina

A PRIMEIRA GRANDE MANIPULAÇÃO DO ANO

Os grandes grupos de mídia já fecharam em bloco com Aécio Neves. A última conquista foi a revista IstoÉ, até então dita ‘independente’.

Ela divulgou a pesquisa apontando uma subida injustificada do candidato tucano. Foi a primeira grande manipulação das eleições 2014.

Ler mais

Robôs invadem Facebook com falsos likes e comentários políticos

A GUERRILHA ELEITORAL NAS REDES SOCIAIS

Começou a guerrilha subterrânea para as eleições deste ano. Se nas guerras reais a verdade é a primeira vítima, nesta poderá ser você.

Diariamente surgem nas redes sociais perfis falsos para fazer propaganda, contra ou a favor. Manipulação braba, coisa de mercenários.

Ler mais

Nenhum candidato admite aumentar impostos dos ricos depois de eleito

CADÊ A ‘NOVA POLÍTICA’ QUE PROMETERAM?

O novo não é novo porque alguém diz que é novo. Não basta falar. Novo, no campo das coisas concretas, é o que rompe com o velho.

Algum candidato a presidente em 2014 admite taxar a fortuna dos ricos? Nenhum vai querer perder o apoio da Globo e dos banqueiros.

Ler mais

Fábula do machado que deu cabo da floresta, em reflexão política

QUEM TRAI AMIGOS CAVA A PRÓPRIA COVA

Nunca foi tão atual a fábula de Esopo, ‘As Árvores e o Machado’, para uma reflexão sobre o momento político que vivemos.

Ela serve de advertência à surreal alquimia que juntou Marina Silva, Eduardo Campos e Ronaldo Caiado para a campanha presidencial de 2014.

Ler mais