Crônica de Natal (de novo), por Luis Fernando Veríssimo

AQUELAS COISAS DE SEMPRE
Tenho inveja dos cronistas novos.

Não porque eles não sabem que todas as crônicas de Natal já foram escritas e podem escrevê-las de novo.

Mas porque podem fazer isto sem remorso.

Ler mais

Um espetáculo que só acontece de 2.000 em 2.000 anos

DO BLOG BANANAPOST
Uma senhora levou a filha de 17 aninhos ao ginecologista, queixando-se que a garota andava enjoada… com vômitos… tonturas… que tinha perdido o apetite.

O médico, observando a danadinha, matou logo a charada…

Ler mais

Presépio comestível: a receita de vexame certo na Ceia de Natal

UM PRESÉPIO CANIBAL – Telhadinho de bacon, paredes de linguiça, reis magos, ovelhas e camelos de salsichas encapadas com presunto… e vai por aí afora. O paladar pode até ser razoável mas, convenhamos, o gosto estético desse presépio ao forno é pra lá de duvidoso. No mínimo, kitsch… Tá bom, brega mesmo.

Ler mais