Serviço de e-mail gratuito e seguro dos Correios chega este ano

BRASIL COMEÇA A CONSTRANGER O ESPIÃO

Expor e denunciar o uso abusivo da força é uma estratégia inteligente e necessária para frear a arrogância dos EUA.

É aí que reside o simbolismo do lançamento do primeiro serviço de e-mail gratuito criptografado, totalmente nacional.

Ler mais

Milhões cometem ‘facebookcídio’ por medo da espionagem dos EUA

PONDO FIM ÀS PRÓPRIAS CONTAS NA REDE

Só nos EUA foram 9 milhões de ‘facebookcídios’ contra 2 milhões de desiludidos com a rede social na Inglaterra.

A maioria das baixas (48,3%) aconteceu após as denúncias de espionagem e violações de privacidade pela CIA e NSA.

Ler mais

Pré-sal é o Brasil multiplicado por cinco vezes o que vale agora

EUA DE OLHO NO EQUIVALENTE A 5 BRASIS

Uma montanha de gente protestou nas ruas em junho motivada por um aumento de poucos centavos nas passagens de ônibus.

Mas para defender um tesouro de muitos trilhões ninguém se mobiliza agora em defesa do pré-sal contra a pirataria dos EUA.

Ler mais

Informática atuando a serviço da espionagem e do totalitarismo

TODOS NÓS ESTAMOS VIGIADOS E FICHADOS

A informática a serviço do totalitarismo existe desde os anos 40, durante a Segunda Guerra Mundial.

Os nazistas foram tão eficazes nos campos de extermínio porque usaram máquinas IBM que funcionavam com os cartões perfurados para contabilizar prisioneiros.

Ler mais

BRICS podem enfrentar espionagem dos EUA com a BricsNet

UMA REDE DE INTERNET SÓ PARA OS BRICS

Os EUA gastam bilhões de dólares com o suborno de empresas de tecnologia para ter ‘acesso fantasma’ aos protocolos de criptografia.

Para se proteger, os BRICS precisam criar imediatamente a sua própria BricsNet.

Ler mais

Correios entram na guerra para conter espionagem de Obama

A ARMA: SERVIÇO DE EMAIL CRIPTOGRAFADO – A solução do Brasil contra a espionagem realizada pelos EUA pode vir dos Correios. A EBCT deverá ser responsável por criar um sistema de email gratuito e seguro para a troca de mensagens e outras informações por cidadãos brasileiros.

Ler mais