Televisão já era: o povo brasileiro gosta mesmo é de Internet

APAIXONADOS PELAS MÍDIAS ELETRÔNICAS

A Internet já se transformou na mídia mais importante para 88% dos brasileiros.

A informação mexe com as estratégias dos anunciantes, porque a propaganda online também é considerada menos incômoda que a veiculada na TV.

Ler mais

Marmita é agora o novo símbolo do ‘perrengue’ em Portugal

CRISE GERA NOVA LEGIÃO DE MARMITEIROS

As marmitas (alguém se lembra delas?) praticamente desapareceram do cenário urbano brasileiro de dez anos para cá.

Este símbolo nacional do ‘perrengue’ foi abolido com a ascensão social, mas acaba de ressurgir no auge da crise, em Portugal.

Ler mais

Direitos das empregadas vão aumentar o número de divórcios?

O GLOBO TOCA O TERROR NA CLASSE MÉDIA

Matérias de O Globo deste domingo, 7, sobre a PEC das Domésticas, soltam as bruxas para aterrorizar e acabar com o sossego da classe média medrosa.

A reportagem levanta a poeira, para intoxicar corações e mentes conservadoras, soprada por um ‘psicanalista’. Haja divã!

Ler mais

Maioria dos homens acha que é notada pelo celular que usa

O QUE CHAMA MAIS ATENÇÃO NUM HOMEM?

Não é lá uma atitude muito viril, mas enfim… 61% dos homens acreditam que o telefone celular é a primeira coisa em que os outros reparam quando olham para eles.

Muitos admitem ter sido criticados pelos amigos por usar um aparelho pouco ‘fashion’.

Ler mais

Todo dia é dia dos namorados para os macacos-da-noite

DO BLOG BANANAPOST
O macaco-da-noite trata seu companheiro como se todo dia fosse dia dos namorados, sendo que o casal fica junto para sempre, até o final da vida.

O mais impressionante: os bichos nunca traem e jamais se divorciam de seu par — um comportamento extremamente incomum, mesmo entre as pessoas.

Ler mais

Cachorros evoluíram de lobos que vasculhavam comida no lixo

DO BLOG ECONSCIÊNCIA
Novo estudo de genética canina revela a existência de genes envolvidos no metabolismo de amido, em comparação com lobos.

Os cães podem ter evoluído de lobos que eram capazes de vasculhar comida nos lixões dos primeiros fazendeiros.

Ler mais