Números de endereço e alfabeto de letreiro estilo néon

VARETAS DE AÇO SINUOSAS COMO TUBOS DE VIDRO – A iluminação colorida por gás néon inspirou o design desta família de algarismos, além do alfabeto completo, estilo anos 1950. Letras e números são modelados com varetas de alumínio, latão ou aço. Os afastadores para fixar na parede criam efeitos de luzes e sombras.

Ler mais

Números de endereço para casa de praia com pintura tropical

DECORAÇÃO TEMÁTICA COM AÇO RECICLADO

Paisagens marinhas e cenários submarinos são um ótimo tema para decorar números de endereços em casas de praia ou de litoral.

Estas placas foram pintadas à mão por artesãos do Haiti sobre a superfície de chapas recortadas de tambores de metal reciclados.

Ler mais

Silhueta de gato em placa metálica com número de endereço

PARA FIXAR NO MURO OU PORTAS E JANELAS

O uso mais comum de silhuetas de gatos na decoração é como adesivos para fixar junto a escadas ou em torno de móveis.

Porém os contornos dos bichanos recortados em chapas de aço também servem como placas de endereço customizadas.

Ler mais

Mosaico de gato como placa de endereço com o número de casa

BICHOS DE CACOS E LADRILHOS RECICLADOS

É uma ‘boa ideia’ montar mosaicos com animais de estimação para usar como placas de endereços com números de casas.

Mas as composições de cães e gatos com ladrilhos e cacos reciclados também servem para lojas pet e clínicas veterinárias.

Ler mais

Placa de endereço 12+1 para quem tem fobia do número 13

TRISCAIDECAFOBIA NA PLAQUETA DE METAL

Muitas pessoas sentem uma aversão tão irracional pelo número 13 que até a alteram as placas de endereços de suas casas.

A atitude radical é uma manifestação extrema de um transtorno de ansiedade que psicólogos tratam de triscaidecafofobia.

Ler mais

Números de endereço para casa de praia com peixes de madeira

RECICLAGEM RÚSTICA BEM FÁCIL DE FAZER

Esta é uma simpática numeração de endereço para os adeptos das pescarias, que costumam levar um estilo rústico de vida.

Qualquer um pode fabricar os próprios algarismos, reciclando galhos desgastados de árvores e tabuinhas velhas de madeira.

Ler mais