Monstros arquetípicos que assombram em tempos cinzentos

UMA ANÁLISE POLÍTICA DE LUIS F. VERÍSSIMO

Nuvens negras de um vulcão pairam sobre as novas tecnologias que, em vez de aproximar as pessoas, as dividem e embrutecem.

Sob a sombra dessas emanações surgem monstros arquetípicos como os que ficaram como símbolos literários do tempo cinzento.

Ler mais

Mar de Aral na Ásia Central seca e vira um deserto com poças

DÓI NO CORAÇÃO VER O MAR VIRAR SERTÃO

Fotografias de um satélite da NASA, tiradas em 19 de agosto, mostram que o Uzbequistão já não possui seu enorme lago salgado.

Outrora com 68.000 km² de superfície e 1.100 km³ de volume de água, o Mar de Aral foi o quarto maior lago do mundo até 1960.

Ler mais

Champignon substitui plástico como matéria-prima de embalagens

INSUMOS À BASE DE COGUMELO RECICLADO

Seus derivados servem para diversos ramos industriais, das forrações de veículos até materiais flutuantes em pranchas de surfe.

Curioso é que o ‘mix’ de cogumelos e outros subprodutos agrícolas se desenvolve naturalmente em alguns dias dentro dos moldes.

Ler mais

Guirlandas com tampas recicladas de potes e garrafas de plástico

PRODUTOS DESCARTÁVEIS NA DECORAÇÃO

Colunas com tampas plásticas de potes e garrafas descartáveis, cujo destino seria o lixo, caem bem na decoração de casas e lojas.

Este modelo de reciclagem é fonte de inspiração na montagem de cortinas coloridas com guirlandas suspensas no teto por fios.

Ler mais

Mosaicos e painéis de pedras roladas em composições de Land Art

UMA EXALTAÇÃO CELTA À PAZ DA NATUREZA

Mosaicos e painéis formados por pedras roladas em praias e beiras de rios são a especialidade do escocês Dietmar Voorworld.

É nítida a influência celta nas preciosas composições de exaltação à Natureza. ‘Sigo apenas o chamado de minha alma’, diz ele.

Ler mais

As incríveis pontes vivas feitas com raízes trançadas de seringueiras

PLANTANDO PINGUELAS SOBRE OS RIACHOS

Tombar sobre um rio uma árvore para alcançar a margem oposta pode não ser o jeito mais inteligente de construir uma ponte.

Na Índia, as frondosas seringueiras não são sacrificadas; as suas raízes são trançadas como pinguelas sobre os cursos d’água.

Ler mais