Por que a mídia só fala em inflação e exige aumento de juro?

A DÍVIDA DA IMPRENSA FALIDA COM BANCOS

O aumento da Selic é ruim para a economia, péssimo para o emprego e para as empresas anunciantes de jornais, rádios e tevês.

Somente beneficia os bancos, que desempenham papel relevante na reestruturação de capital dos grupos de mídia, hoje em situação falimentar.

Ler mais

Fim das dívidas representa o resgate e o avanço da civilização

O CHEFE DE REDAÇÃO
O aquecimento global e a pobreza extrema seriam instantaneamente solucionados com contratos e investimentos justos.

Dívidas estruturais de subsídios, capital investido, paraísos fiscais e acordos comerciais que mantém esses problemas sem solução simplesmente não existiriam mais.

Ler mais

Crise neoliberal que destrói a Europa é igual à que vigorou no Brasil

O CHEFE DE REDAÇÃO
A ideologia neoliberal impôs um Banco Central independente para a zona do euro que se subordina aos mercados privados, não aos governos.

Quando um governo decide captar empréstimos, fica exclusivamente nas mãos do mercado financeiro, que exige as taxas de juros que quiser.

Ler mais

A dupla face do capitalismo escondida em paraísos fiscais

O CHEFE DE REDAÇÃO
Sobre a superfície da Terra vagam mais de 7 bilhões de almas penadas. Mas apenas 10 milhões de fantasmas ‘evaporaram’ até 32 trilhões de dólares em paraísos fiscais internacionais.

Os 0,1% mais ricos escondem e manipulam sozinhos fortunas equivalentes aos PIBs de potências como EUA e Japão combinados.

Ler mais

Crise econômica e financeira internacional se aprofunda

O CHEFE DE REDAÇÃO
Dizem que o tempo é uma invenção para evitar que tudo aconteça no mesmo instante.

Mas no cronômetro da crise, o tempo se deforma para se reconcentrar num ponto: o monstro respira e retoma as suas forças.

E então o tempo colapsa sobre si próprio e todas as economias do planeta acusam os sintomas da crise.

Ler mais