Meia-Lua com crateras tridimensionais como pingente de pewter

UMA BIJUTERIA DELICADA DE PEQUENAS DIMENSÕES – Pingente em forma de meia-lua estilizada, com as crateras em 3D na superfície convexa e brilhante. De pequenas dimensões em um cordão negro regulável. O quarto crescente faz parte de uma coleção inspirada no aniversário de 50 anos da chegada do homem à Lua.

Ler mais

Anelzinho Meia-Lua prateado com crateras da superfície em 3D

ANEL PEQUENO DE PEWTER COM CRATERAS LUNARES – Anel Meia-Lua com a superfície convexa cheia de crateras em alto-relevo, em concepção artística que imita a típica paisagem lunar. O anelzinho faz parte de extensa coleção de semijoias inspiradas nas comemorações do 50º aniversário da chegada do homem à Lua.

Ler mais

Pingente de pewter para colar Meia-Lua Quarto Crescente

BIJUTERIA QUE LEMBRA A PRATA MAS NÃO ESCURECE – Pingente para colar inspirado no cinquentenário da conquista da Lua. Sua característica inovadora é o design com réplicas em miniatura da superfície lunar e as suas típicas crateras em alto-relevo. Tem a forma de quarto crescente convexo com acabamento brilhante.

Ler mais

Bijuterias comemoram os 50 anos de conquista da Lua

CRATERAS TRIDIMENSIONAIS DA SUPERFÍCIE LUNAR – Anéis, pingentes, alianças, pulseiras e brincos com as crateras lunares em alto e baixo-relevo. É com estas bijuterias que nos juntamos às celebrações globais dos 50 anos de conquista da Lua. Nos próximos dias vamos mostrar nossa nova coleção comemorativa completa.

Ler mais

Gargantilha com pingentes na vertical mostrando as fases da Lua

O PODER MAGNÉTICO DA LUA PENDURADO NO PESCOÇO – Bijuteria de prata dedicada a quem mantém um caso de amor sem fim com a Lua. Celebra os espíritos atormentados, complicados e selvagens que, em busca de romance, não temem a escuridão da noite e se aventuram sob o luar em um mundo de sonhos mágicos.

Ler mais

Anel meia-lua ou quarto crescente vazado em tamanho grande

LUA ADVERSA, UMA POESIA DE CECÍLIA MEIRELLES – Tenho fases, como a Lua, de andar escondida, fases de vir para a rua… Perdição da minha vida! Tenho fases de ser tua, tenho outras de ser sozinha. Fases que vão e que vêm, no secreto calendário que um astrólogo arbitrário inventou para o meu uso. E roda a melancolia…

Ler mais