Anel com asas para quem voa em busca do sonho de liberdade

A ARTE COMO METÁFORA DE UMA VIAGEM ALADA – Somos assim. Sonhamos o voo, mas tememos as alturas. Para voar é preciso amar o vazio. Porque o voo só acontece se houver a ausência de certezas. O homem quer voar, mas teme o vazio. Por isso troca o voo por gaiolas, o lugar onde as certezas moram.

Ler mais

Painel de parede com borboletas coloridas de metal

METAMORFOSE NO AMBIENTE DA CASA E TRABALHO – “Não haverá borboletas se a vida não passar por longas e silenciosas metamorfoses”. A frase de Rubem Alves, grande entendedor de almas e inspirador de emoções, nos leva do imaginário à ação, promovendo mudanças visuais no ambiente de casa e do trabalho.

Ler mais

Dilema do copo: meio cheio ou vazio, com qual me identifico?

HOJE, SÓ A ESPERANÇA CONTINUA POSSÍVEL

O otimismo se alimenta de grandes coisas. Sem elas, ele morre. A esperança se nutre de pequenas coisas, onde floresce.

Basta-lhe um morango à beira do abismo. Hoje, é tudo o que temos: alegria sem razões. A possibilidade da esperança…

Ler mais

O Poeta de Meia-Tigela lança dois livros: Girândola e Miravilha

TÍTULOS NA CAPOLAVORO EM PETRÓPOLIS

O Poeta de Meia-Tigela ou Alves de Aquino, é um professor de filosofia que traz em sua poesia reflexões sobre a existência.

Cearense, envereda por labirintos dos enigmas da sociedade, dos lances da carne e do espírito, das tragédias do cotidiano.

Ler mais

Rubem Alves ensina a conversar e a aprender com a Morte

O CHEFE DE REDAÇÃO
Já tive medo de morrer. Não tenho mais. Tenho tristeza.

A vida é muito boa. Mas a Morte é minha companheira.

Sempre conversamos e aprendo com ela…

Ler mais