Já escondi um amor com medo de perdê-lo – de Clarice Lispector

CRÔNICA DE UMA GRANDE ESCRITORA BRASILEIRA – Já escondi um amor com medo de perdê-lo, já perdi um grande amor por escondê-lo. Já segurei nas mãos de alguém por medo, já tive tanto medo, ao ponto de nem sentir as minhas próprias mãos. Já expulsei pessoas que amava de minha vida, já me arrependi por isso…

Ler mais

Joias da literatura: anéis e pingentes com o formato de livros

SÍMBOLOS DE CULTURA E EVOLUÇÃO INTELECTUAL – Escritores, poetas, historiadores e bibliotecários, além de professores e estudantes, certamente ficariam encantados caso ganhassem de presente estas verdadeiras joias literárias. O ideal, porém, seria que todas as pessoas se interessassem em exibir tais símbolos culturais.

Ler mais

Silhueta de gato em suporte porta-livros para mesas ou estantes

GATO: SÍMBOLO E GUARDIÃO DA VIDA INTELECTUAL – “O salto que o gato dá para atingir a estante é mais do que impulso para a cultura. É o movimento civilizado de um organismo plenamente ajustado às leis físicas. Livros e papéis beneficiam-se com a presteza austera do símbolo e guardião da vida intelectual.” (Drummond)

Ler mais

Marcador de livros serve como pingente para cordões e brincos

JOIAS LITERÁRIAS TAMBÉM USADAS COMO ADORNOS – Os marcadores de livros têm um design tão versátil, contemporâneo e elegante que também podem ser utilizados como joias unissex. As peças metálicas com a forma de penas de pássaros, colorizadas e em três tamanhos, servem como brincos e pingentes para cordão.

Ler mais

Marcador de livro: arame de alumínio encapado com fio colorido

PRODUTO FÁCIL DE FAZER E FATURAR GRANA EXTRA – Se o brasileiro lesse o que deveria estes marcadores de livros de baixo custo poderiam ser uma boa fonte extra de renda. Arames de alumínio, enrolados com fios finos e coloridos, dão forma a uma flor, corações, cenoura, gatinho e um balão de gás colorido, entre outros.

Ler mais

Pingente inspirado no romance O Mestre e Margarida

A PERSONAGEM DE UM LIVRO VOA COMO BIJUTERIA – Este pingente para cordões e chaveiros foi inspirado num cartaz promocional do romance O Mestre e Margarida, do russo Mikhail Bulgakov. A bruxa é uma das personagens centrais, junto de um gato preto apreciador de vodca, de uma trama noir que rola em Moscou.

Ler mais