Símbolo feminino: Fênix em painel de metal para decorar paredes

FOCO NO RECOMEÇO, TRANSFORMAÇÃO E ESPERANÇA – A Fênix é um pássaro mítico, símbolo universal da morte e do renascimento. Este é o sentido da sua versão feminina – apropriada para os tempos difíceis que experienciamos agora – concebida como moderno painel recortado em metal para a decoração de paredes.

Ler mais

Gatos sentados na janela em painel redondo de metal na parede

DECORAÇÃO TEMÁTICA PARA GATEIRAS E GATEIROS – O que torna diferenciado este painel numa parede de pedras com dois gatos sentados numa janela, é o incomum perfil redondo com a pintura colorida rústica. A escultura vazada a plasma em chapa de metal dá um toque fino e elegante na decoração de salas e varandas.

Ler mais

Presépio de Natal moderno com personagens de metal prateado

ESCULTURAS FUNDIDAS PARA DECORAÇÃO NATALINA – Presépio com os traços minimalistas e acabamento acetinado. A simplicidade é a sofisticação final, disse o gênio Leonardo da Vinci. Essa é a simples história do nascimento, há dois mil anos, do menino cuja vida estava destinada a inspirar gerações por todo o mundo.

Ler mais

Árvore da Vida em forma de coração com borboletas coloridas

PAINEL DE METAL PARA DECORAÇÃO ESTILO TROPICAL – A Árvore da Vida simboliza proteção, força, beleza, sabedoria e redenção. Acrescente na lista o amor quando sua copa tem a forma de coração. Já as borboletas que substituem as folhas nos galhos deste painel de metal significam transformação, renovação e felicidade.

Ler mais

Painel com paisagem de pôr do sol entre os coqueiros na praia

CENÁRIO PARA DECORAÇÃO DE CASA, BAR E POUSADA – O crepúsculo refletindo no horizonte marinho é uma das cenas mais encantadoras que a natureza pode oferecer. Este momento fugaz está eternizado num painel de metal para a decorar casas de praia, bares e restaurantes ou hotéis e pousadas da orla marítima.

Ler mais

“Os Jogadores de Cartas”, de Cézanne: a sobriedade no carteado

ANÁLISE DOS QUADROS DO MESTRE IMPRESSIONISTA – “Os jogadores de cartas” não compõem um quadro único, mas uma série de cinco pinturas de Paul Cézanne que simplificam as imagens e as representações do corpo humano, numa fase pós-impressionista que viria a abrir o caminho para a desconstrução do século XX.

Ler mais