Yarsagumba, o ‘viagra natural’ do Himalaia vale mais que ouro

FUNGO MAIS CARO E DISPUTADO DO MUNDO

Um fungo exótico gerado por parasitas que se instalam no corpo da lagarta de uma rara mariposa do Tibete está provocando uma verdadeira corrida do ouro entre os habitantes dos altiplanos do Himalaia.

Por suas alegadas propriedades terapêuticas – como a cura de vários tipos de câncer e o drástico aumento da libido sexual –, disparou a procura pelo Yarsagumba, fazendo com que os preços subissem.

Viagra natural

Como todos querem experimentar seus poderes mágicos, o Viagra do Himalaia ultrapassou a cotação dos R$ 220, uma única grama. Por este motivo, é considerado mais precioso do que o próprio ouro.

E o tratamento dói bastante no bolso do paciente. Para alcançar a cura do câncer de estômago ou de mama, por exemplo, é preciso consumir pelo menos meio quilo do fungo, segundo os comerciantes.

Muitos orientais ostentam sacos de Yarsagumba como símbolo de riqueza e poder. Dizem que, cozido com frango em uma sopa, ajuda a curar problemas de infertilidade e garantir uma vida sexual plena.

Saiba o que diz a ciência sobre o assunto

Deixe um comentário interessante neste artigo: