Velha mídia conspira na CPI do Cachoeira à moda antiga

Jornalistas Crime Organizado

POR QUANTO ELE SE VENDE?

O Chefe de Redação

“É primária e, agora, inútil a tentativa das organizações Globo e suas co-irmãs de colocar a Delta como foco principal da CPI do Cachoeira.

A intenção é puxar o PAC pra dança e intimidar o governo federal e o PT, de modo a não se investigar o que realmente interessa: as relações do bicheiro COM A MÍDIA, notadamente a Veja.

As gestões de Geraldo Alckmin e José Serra, em São Paulo, fizeram contratos de 1 bilhão de reais com a Delta, todos sabem, até os paulistas.

Logo, essa tentativa de colar a empreiteira com o governo federal só vai dar certo se a bancada governista na CPI, que é maioria, tiver um acesso coletivo de demência e paralisia moral.

A velha mídia fez um acordão para silenciar as ligações de Cachoeira com a Veja, como se não existisse internet, blogs e as redes sociais.

É ridículo e inacreditável esse descolamento da realidade. No futuro, será um dos estudos de caso mais interessantes sobre a história do jornalismo no Brasil.

Sem a Delta, a mídia perde, também, a capacidade de fazer pressão sobre o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, do PT.

Ainda mais depois que se descobriu a dinheirama colocada pelos tucanos na empreiteira nos governos Alckmin e Serra.

Se o país perder essa chance de sanear o esgoto midiático e golpista que nos transformou numa sociedade iletrada e ignorante, o futuro irá nos escorrer pelos dedos, talvez, para nunca mais.”

Leandro Fortes

Deixe um comentário simpático neste artigo: