TV Globo registra o pior Ibope da história para o mês de junho

Globo perde audiência

MENTIRAS E DECADÊNCIA

A Rede Globo de Televisão registrou o pior Ibope da sua história no mês de junho, desde que a audiência das tevês passou a ser medida, há 41 anos. O resultado de medíocres 17 pontos na Grande São Paulo vale para a chamada faixa comercial, das 7 da manhã até meia-noite. Até então, junho de 2008 tinha sido o pior de todos, com média de 17,1 pontos.

Historicamente, junho é um dos meses em que as TVs estão mais ligadas, e quando há mais pessoas diante dos aparelhos. A equação frio + mês de provas + poupar dinheiro para as férias iminentes faz com que, na média, 43% das TVs estejam ligadas — um dos índices mais altos em situação de normalidade (quando não há catástrofes ou grandes eventos esportivos).

Para efeito de comparação, em junho do ano passado a Globo marcou 18,5 pontos, mas então havia a Copa da África — que, curiosamente, também não elevou o Ibope da emissora em relação ao mês de junho anterior (2009), quando também havia marcado 18,5 pontos.

O péssimo resultado não pode ser creditado ao crescimento das emissoras concorrentes porque estas mantiveram índices estagnados ou com alguma oscilação negativa. A única explicação plausível é a migração cada vez mais consistente do público para a Internet. Ou seja, o antigo telespectador, passivo e manipulável, transforma-se progressivamente no moderno internauta, interativo e independente.

Informação completa aqui

Deixe um comentário simpático neste artigo: