TV é droga para o cérebro e deixa crianças mais burras

Programas de TV

A Cachaça da Happy Hour

Pesquisa da Universidade de Montreal, no Canadá, não surpreende: assistir à televisão emburrece as crianças!

Ficou provado após dois anos de monitoramento dos hábitos de 1 mil 314 baixinhos, com idades entre dois anos e meio e 10 anos.

Os que passavam um tempo maior em frente à TV tinham desempenho inferior em matemática, sofriam mais de bullying (intimidação por colegas da escola) e adquiriam hábitos alimentares pouco saudáveis.

A conclusão de cientistas e educadores: limitar o acesso a, no máximo, duas horas por dia.

Para as pequenininhas evitar ao máximo deixá-las em frente a um aparelho por mais de uma hora.

Portanto, o que nossos pais já faziam intuitivamente continua valendo: TV só um pouquinho à noite e com hora certa para ir para a cama.

E os danos não param por aí. Outros estudos dizem que, ultimamente, as cores mais intensas, o volume alto e a edição rápida das imagens podem causar problemas sérios ao cérebro no futuro.

Então, caso não se livre do vício causado por este lixo tóxico, pelo menos aprecie a televisão como qualquer outra droga, moderadamente.

Via DoLaDoDeLá

* * *

Blog da Nívia de Oliveira Castro

4 comentários em “TV é droga para o cérebro e deixa crianças mais burras

  • Pingback:Prato do dia: Cerebro | Um canceriano sem lar.

  • 4 de maio de 2010 em 19:35
    Permalink

    concordo contigo nobre amiga, muito lixo noticioso e muitas coisas que deixa as crianças sem vontade de estudar e de brincar, girias é até cenas de sexos.

    Resposta
  • 4 de maio de 2010 em 13:22
    Permalink

    Gostei de um comentário lá no Marco Aurélio Mello: “Se TV é uma droga, a Globo é o crack das TVs”. Quer dizer, MATA rápido… a verdade… a decência… os escrúpulos… a ética… o profissionalismo… a seriedade… a credibilidade…

    Resposta

Deixe um comentário interessante neste artigo: