Tuitaço #foraricardoteixeira denuncia máfia da CBF e TV Globo


Ricardo Teixeira e Galvão Bueno

#FORARICARDOTEIXEIRA É NOTÍCIA. SERÁ QUE A GLOBO FALA?

Por Marco Antonio Araujo *

Está ficando divertido. De tanto nos deixar de mau humor com suas armações e falcatruas, Ricardo Teixeira virou motivo de piada. A chacota vai tomar conta da Internet neste dia 27 de julho com um twittaço exigindo a saída dele do comando da CBF.

Praticamente todas as redes sociais estarão mobilizadas na campanha batizada “Fora Ricardo Teixeira”.

A ideia é culminar em um protesto neste sábado (30) na porta da Marina da Glória, onde vai rolar o sorteio dos grupos das Eliminatórias da Copa de 2014, aquela festinha da Fifa e da Globo paga com dinheiro público.

Na carona desse movimento, foi criada a palavra de ordem #FalaGlobo, para tirar a emissora do completo silêncio sobre as toneladas de denúncias que cercam o Teixeirão.

Como nos revelou o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, essa turma é de mafiosos barra pesada. Portanto, não vamos nos iludir, otimismo não pode se confundir com ingenuidade. A chance de essa manifestação atingir seus objetivos finais é nenhuma.

Mas vai servir para que a opinião pública saiba quem está do lado da decência e, por tabela, que veículos praticam um jornalismo sério, ético e responsável. Por eliminação, também saberemos quem apoia esse esquema de corrupção e desmandos que tomou conta do futebol brasileiro.

Que a Globo não vai mostrar as faixas dos manifestantes, já sabemos, até porque a Velha Senhora não quer que seu grande aliado caia fora do esquema. As únicas faixas que ela mostra são as de torcedores carentes que bajulam o Galvão Bueno.

Vai ser engraçado observar como se comporta a Veja, por exemplo. Capaz de a revista tratar os manifestantes como tratou os caras-pintadas que pediam o impeachment de Collor: a pontapés. Não dá para ser da tropa de choque e ao mesmo tempo ficar de bem com a turma do fundão. Essa eu vou ver de arquibancada. Fala, Veja!

E não custa participar do coro: Fala, Globo! Fala! Que divertido.

* O Provocador

Deixe um comentário interessante neste artigo: