Tucano profana missa, toma vaia e leva bronca do padre

Hipocrisia religiosa de José Serra

SERRA INVADE MISSA NO CEARÁ, TOMA VAIA E OUVE REPÚDIO DO CELEBRANTE

Cristãos começam a reagir ao oportunismo religioso de Serra. A presença do candidato do conservadorismo nativo na missa da festa de São Francisco, em Canindé (CE), neste sábado, pode ter sido um ponto de inflexão. A festa é o grande evento religioso da cidade, onde acontece a maior romaria da América Latina, em homenagem a São Francisco.

Quando chegou, Serra foi vaiado do lado de fora por manifestantes pró-Dilma. O candidato chegou a ser empurrado num início de conflito. “Gostaria que a missa não fosse tumultuada com os políticos que aqui chegaram, por favor. Se vieram com outra intenção, peço que saiam assim como entraram. Isso é uma profanação”, advertiu o celebrante olhando fixamente para a fileira da frente onde já se encontrava o tucano.

Perto do fim da missa, o frade exibiu um panfleto contra Dilma e foi mais duro ainda: “Acusam a candidata do PT em nome da igreja. Não é verdade”. A plateia aplaudiu. “Não está autorizada essa coisa. A igreja não está autorizando essas coisas”.

Via Agência Carta Maior

Deixe um comentário simpático neste artigo: