Trailers e reboques bagageiros puxados por motocicletas

Moto com trailer a reboque

Do HotGaragem Blog

Para quem achava que já tinha visto tudo em termos de trailers e reboques para motocicletas, aí está a prova de que sempre é possível inventar um pouco mais. Isso é o que podemos chamar de “motohome”.

Repare na estrutura onde é fixado o conjunto reforçado do garfo. Os espelhos retrovisores também foram instalados no único lugar que permite a visão do condutor. Ah, e tem que ter máquina para “puxar” essa tralha toda. Harley-Davidson, de preferência.

Porém, em matéria de design criativo talvez nada supere o veículo concebido para o traslado dos caixões de defunto da agência funerária Kevin Brennan, do Kansas, EUA. Sinistro!

Moto funerária

Mas folclore à parte, os trailers ou reboques bagageiros, ao contrário do que estamos acostumados, fazem parte da paisagem rodoviária nos EUA – a terra das enormes e possantes motocicletas.

Ninguém imagine, então, os nossos motoboys ziguezagueando com suas maquininhas no caos do trânsito com estes acessórios. Trailers e reboques, afinal, são coisa para motos de grande porte e para quem tenha muita experiência para conduzi-las.

E que, além de se garantir nas manobras, ande sempre devagar em suas viagens.

Moto com trailer bagageiro

Motocicleta com reboque

Motocicleta com trailer

Motocicleta com reboque bagageiro

Harley Davidson com trailer

* * *

Blog Hot Garagem

5 comentários em “Trailers e reboques bagageiros puxados por motocicletas

  • 19 de março de 2015 em 02:53
    Permalink

    Sou estudante de administração em Salvador Bahia Brasil. Gostaria de saber quanto custa um trem desta motocicleta e reboque e se é permitido rodar aqui na minha cidade.

    Resposta
    • 19 de março de 2015 em 11:04
      Permalink

      O Código Nacional de Trânsito permite, sim, Joselito, o uso de reboques e carretinhas em motocicletas em todo o território brasileiro.

      Quanto ao custo, não sabemos informar. Você pode pesquisar no Google, coisa fácil de encontrar devido ao grande número de fabricantes.

      Como este, por exemplo: http://www.carretinhaparamoto.com.br

      Resposta
  • 1 de agosto de 2010 em 10:04
    Permalink

    Muito gozado o reboque funerário.
    A pinta do “capa preta” é de provocar calafrios.
    Merece até um post à parte com mais detalhes.

    Resposta
  • 30 de julho de 2010 em 15:59
    Permalink

    Rebocar essas encrencas só na estrada mesmo porque não dá para encarar o trânsito das cidades com isso não. E mais: tem que ser bom de curva e de manobras para estacionar.

    Resposta
  • 29 de julho de 2010 em 21:27
    Permalink

    Ainda não vi nada parecido rodando por aqui não. Mas é só questão de tempo. Quando a galera que se motorizou com essas motinhas pequenas começar a passar para as de grande cilindrada, acho que vai ser mais comum. Aquela de estrutura tubular da loira deve ser a ideal para começar. E a mais barata também.

    Resposta

Deixe um comentário interessante neste artigo: