Tipos & Tribos: Emo, o macaco franjado que senta e chora

Macaco Emo - Estilo

Emo, do francês emotif, significa “biba emotiva” devido ao aspecto tristinho. Em latim o termo é oriundo de emossae, ou seja, “sem genitália”, devido à ausência de volume aparente na região pubiana. Por ironia do destino, em português EMO é o contrário de OME.

Espécie híbrido-franjada oriunda da selva de pedra chuvosa, úmida e escura de São Paulo, com enorme dificuldade de adaptação em locais mais quentes, claros e arejados. Um novo degrau abaixo na cadeia alimentar, são funghi-frugívoros-canibais, ou seja, só comem fungos, frutas e dão preferência aos seus semelhantes.

Macaco Emo - Acessórios

Curiosidades sobre a espécie:

1. Quantos emos são necessários para trocar uma lâmpada? Nenhum. Quando a lâmpada queima, eles sentam no escuro e choram.

2. Como distinguir um emo de um clubber? É fácil: apague a luz! Se chorar, é emo; se brilhar, é clubber; se gritar, é paty; e se ficar parado, é um totem.

3. Um novo sub-gênero da espécie, mais coloridinha, anda surgindo na zona sul do Rio de Janeiro. É conhecida como “me engana que eu gosto”. Já os pais… acham bonitinho. Pois é.

Clique na imagens para ampliar. Com informações da Desciclopédia.

Um comentário em “Tipos & Tribos: Emo, o macaco franjado que senta e chora

  • 23 de setembro de 2010 em 13:51
    Permalink

    Que bunitinho… !

    Tem uma moçada adolescente que anda por aí fantasiada assim ou de cabelinho “puxado” prá frente, provavelmente feito na chapinha.
    Será que eles acham que é apenas moda ou sabem o real significado disso tudo???
    Devem saber. Ah, eles sabem… :oP

    O que as meninas devem achar dessa “rapeize”?

    Maneiro!

    Resposta

Deixe um comentário interessante neste artigo: