Tipo sanguíneo influencia personalidade, diz tradição oriental

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS, COMO SIGNOS

Tipos sanguíneos de homens e mulheres

O tipo sanguíneo desempenha, segundo a tradição oriental, papel semelhante aos signos do Zodíaco em outros países, onde as pessoas consideram que possam até definir traços de identidade.

Na Coreia, por exemplo, acredita-se que o tipo de sangue é capaz de interferir na personalidade, no temperamento do indivíduo e no grau de compatibilidade entre as pessoas, como casais.

Dessa forma, como é comum ao redor do mundo o planejamento da gravidez para o nascimento coincidir com um signo desejado, os coreanos também dão palpites antes do bebê vir ao mundo.

Por causa dessa crença secular, é comum que eles perguntem uns aos outros sobre o seu tipo sanguíneo quando conhecem alguém novo.

Embora no Brasil e outros países não haja o costume de as pessoas decorarem isso (a não ser que seja militar e tenha isso gravado na farda), na Coreia, tal informação é considerada essencial, assim como a idade ou o nome.

O conceito de tipos sanguíneos determinarem características pessoais tem uma história sombria. Foi utilizado inicialmente por nazistas e imperialistas japoneses para promover ideias de supremacia sobre diferentes raças e países nos anos 1920 e 1930.

No entanto, algumas décadas depois, a ideia ressurgiu pelo autor japonês Masahiko Nomi, de uma maneira bem mais positiva e inocente do que a original e se assemelhou ao uso que se faz dos signos do zodíaco.

Fez tanto sucesso que, hoje em dia, é uma teoria bastante popular, tendo se propagado principalmente no Japão, Coreia do Sul e Taiwan.

As características mais difundidas, mesmo sem comprovação da ciência tradicional, são as que você pode conferir a seguir:

TIPO SANGUÍNEO A (FAZENDEIROS)

Pessoas com sangue do tipo A são chamadas de “fazendeiras” e conhecidas como introvertidas, tímidas, nervosas, muito pensativas, pacientes, com dificuldades para expressar emoções muito bem, e tendem a ser perfeccionistas.

Além disso, demonstram ser teimosas, cuidadosas e obsessivas. Acredita-se que combinem mais com dietas vegetarianas e tendem a tomar menos bebidas alcoólicas.

TIPO SANGUÍNEO B (NÔMADES)

Os que possuem sangue desse tipo são considerados “nômades” por suas características de bravura, paixão e por ser serem mais ativos e otimistas, do tipo “vamos lá!”.

Tendem a ser criativos, individualistas e a ter uma natureza independente, sem se importar com o que os outros pensam.

São os mais liberais e riem dos problemas, ao mesmo tempo em que podem ser impacientes e desistir facilmente. Por isso, se dizem imprudentes, superficiais e preguiçosos.

No caso masculino, são chamados de “bad boys” e não são considerados bons partidos para casar. Eles têm um bom sistema imunológico e se dão bem com laticínios.

TIPO SANGUÍNEO AB (HUMANISTAS)

Considerados “pau para toda obra”, os integrantes desse grupo teriam mais aptidão como gênios. Com um alto poder de concentração, geralmente têm interesses em várias coisas ao mesmo tempo e são extremamente inteligentes.

Dizem que controlam melhor a mente do que o coração, sendo racionais e críticos. Podem demonstrar caráter autoritário, embora também tendam a ser mais tímidos, indiferentes e, por isso, se afastam mais das outras pessoas.

Algumas pessoas dizem que eles têm “duas caras” e não são confiáveis. Em relação à alimentação, deve ser feita da mesma forma que os de sangue A e B.

TIPO SANGUÍNEO O (GUERREIROS)

Esses são os líderes natos. Os portadores desse tipo são extrovertidos, cheios de energia e otimistas. Falam o que pensam e têm uma autoestima bem elevada.

Sua presença é do tipo que ilumina qualquer ambiente. Às vezes, podem ser muito dramáticos, o que afasta algumas pessoas.

Embora sejam amigáveis, obcecados pelo sucesso, tendem a ter características arrogantes, insensíveis, além de serem cruéis e vaidosos.

As melhores dietas para as pessoas do tipo O são as ricas em proteínas e é recomendável que se exercitem bastante.

Obrigado aos amigos do BrazilKorea pela gentileza da citação, que retribuimos agora.

Deixe um comentário simpático neste artigo: