Tempero orégano de pizzas ajuda a tratar câncer de próstata

Câncer na Próstata

MATANDO A FOME E AS CÉLULAS CANCERÍGENAS

A Cachaça da Happy Hour

Se antes o orégano era tido apenas como mais um ingrediente para acentuar o aroma e o paladar das massas e pizzas de origem italiana, agora os homens vão fazer questão de mandar brasa direto e reto nesse tempero delicioso.

É que pesquisadores da Universidade de Long Island, nos EUA, descobriram que a erva aromática Origanum vulgare, amplamente empregada na cozinha do Mediterrâneo, pode ser utilizada para ajudar no tratamento do câncer de próstata.

No Brasil, de acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), o câncer de próstata é o segundo mais comum entre homens – atrás apenas do câncer de pele não melanoma. Em valores absolutos, é o sexto tipo mais comum no mundo, o que representa cerca de 10% dos casos totais de cânceres.

Só neste ano, estima-se que sejam diagnosticados mais de 60 mil novos casos de câncer de próstata. E vale ressaltar que sua taxa de incidência é seis vezes maior nos países desenvolvidos que nos países em desenvolvimento.

Entre as opções de tratamento, merecem destaque as cirurgias, quimioterapias, terapias hormonais e terapias imunes. Mas, infelizmente, todos esses tratamentos estão associados a complicações ou a efeitos colaterais graves.

Coordenadora da pesquisa, a médica Supriya Bavadekar testou um dos componentes do orégano – a substância carvacrol – em células cancerosas de próstata. Resultado: o carvacrol induziu apoptose (termo científico para morte celular programada, que é um tipo de autodestruição celular ordenada) nas células doentes.

Agora, Bavadekar tentará entender como a substância faz isso. “Sabíamos que o orégano possuía propriedades antibacterianas e anti-inflamatórias, mas seus efeitos sobre células cancerosas eleva seu status”, conta a médica.

Com HypeScience

Deixe um comentário interessante neste artigo: