Telefone celular: nosso inseparável companheiro quarentão

CELULARES COMEMORAM 40 ANOS DE IDADE

Celular faz 40 anos

Parece que foi ontem, mas o telefone celular acaba de completar 40 anos. No meio deste caminho, quando o aparelho começou a se popularizar, até piadas surgiram sobre o novo tipo de comportamento das pessoas falando enquanto caminhavam pelas ruas. Dizia-se que celular era igual à celulite: qualquer bundão tinha. Quanta maldade…

O PRIMEIRÃO

Martin Cooper, vice-presidente da Motorola, apresentou em 1973 o primeiro telefone celular portátil. No entanto, o Dyna TAC só começou a ser comercializado dez anos depois da apresentação de seu protótipo. O aparelho revolucionário, que pesava menos de 1 quilo, não era apenas popular, mas também caro: custava quase 4 mil dólares.

PESADOS E LIMITADOS

Há 70 anos, os usuários da telefonia móvel tinham que lidar com aparelhos que pesavam mais de 11 quilos e tinham um alcance limitado. A conexão era feita através de uma operadora e era interrompida assim que o aparelho deixava a área de cobertura da transmissão de rádio. Os altos preços limitavam a telefonia móvel a políticos e grandes empresários.

CELULAR DE BOLSO

Em 1989, o primeiro telefone celular a caber no bolso começou a ser comercializado. O Motorola MicroTAC também foi o primeiro telefone dobrável. Esse foi o aparelho que deu início à tendência dos celulares menores e mais finos.

Celular faz 40 anos

COMUNICAÇÃO DIGITAL

O verão de 1992 marcou o início da era da comunicação móvel digital, o que possibilitou utilizar telefones celulares em outros países. Os aparelhos também eram mais modernos. O Motorola International 3200 – que foi carinhosamente apelidado de “osso” – era considerado bem pequeno para a época. Esse também foi o primeiro telefone a utilizar tecnologia 2G.

O TRIUNFO DO SMS

Em 1994, começou a funcionar o Short Message Service (SMS, serviço de mensagens curtas). Originalmente, a intenção era enviar mensagens sobre a má recepção ou interrupção de rede aos clientes. No entanto, a mensagem de 160 caracteres logo se tornou a segunda função mais utilizada nos celulares. O SMS popularizou abreviações, como “VC” ou “LOL”.

CELULAR PARA AS MASSAS

O telefone celular começou realmente a se popularizar em 1997. Aparelhos dobráveis e com sistemas deslizantes atraiam a atenção e se tornavam acessórios de desejo. Modelos mais baratos e a introdução do sistema pré-pago fizeram dos telefones celulares produtos de consumo de massa.

PRIMEIROS SMARTPHONES

Em 1999, o Nokia 7110 foi o primeiro telefone celular com Wireless Application Protocol (WAP). Então, os usuários de celulares também passaram a ter acesso à internet. Era apenas uma versão mais simples em texto da rede, mas o passo foi revolucionário para a telefonia móvel. Modelos similares começaram a surgir no mercado e reuniam telefone celular, pager e fax em apenas um aparelho.

Evolução do celular

O MINICOMPUTADOR

A tecnologia na área se desenvolveu rapidamente: telas coloridas, tocadores de MP3, rádio e vídeo começaram a se tornar padrão nos novos aparelhos. Graças ao WAP e ao GPRS, os usuários ganharam acesso a páginas comprimidas da Internet em seus telefones. Alguns anos mais tarde, a transmissão de televisão para os celulares se tornou possível.

TELEFONE DA MODA

A câmera se tornou um dispositivo muito popular nos telefones celulares. O Motorola RAZR, lançado em 2004, foi comercializado como “telefone da moda”. Até meados de 2006, 50 milhões de aparelhos foram vendidos. Sua tecnologia não era revolucionária, mas o aparelho conseguiu atrair a atenção pelo design, criando um novo visual para os telefones celulares.

UMA NOVA ERA

A Apple revolucionou o mercado em 2007 com o lançamento do iPhone, o primeiro celular com um visor sensível ao toque (touch screen). Não foi o primeiro smartphone, mas foi o primeiro a ter uma interface mais fácil e moderna. A versão do aparelho lançada em 2008 foi adaptada para a tecnologia 3G, já disponível desde 2001.

VISÕES DE FUTURO

Telefones com tecnologia LTE já são a mais poderosa geração de celulares. Nela, casa, carro e escritórios podem ser controlados e conectados de qualquer lugar do mundo. Os smartphones ainda poderão oferecer inimagináveis possibilidades. Funções como pagamento com o celular também já estão em desenvolvimento.

Com Deutsch Welle

Deixe um comentário simpático neste artigo: