Tangas e dops: equipamentos usados na lapidação de diamantes

COMO APRENDEMOS A ARTE DA METALURGIA


Clientes e amigos têm curiosidade em saber de que maneira desenvolvemos as técnicas que permitem fabricar todos os produtos da NEMO Design com tamanha precisão e qualidade no acabamento.

É o resultado natural da experiência acumulada como lapidários de pedras preciosas, por tradição familiar de mais de meio século, e como fabricantes de equipamentos para a lapidação de diamantes.

Cavalete de lapidação

Estes cavaletes (tangas) com dops semi-automáticos são alguns exemplos de um portfolio que incluía milhares de insumos com que abastecíamos dezenas de indústrias nacionais e estrangeiras.

O setor de lapidação, fortíssimo no Brasil, foi liquidado pelas políticas econômicas neoliberais que resultaram no processo de desindustrialização promovido pelos governos Collor, Itamar e FHC.

Muita gente não sabe, nem se faz alarde disso, mas o País continua sendo um dos maiores produtores de diamantes do mundo. Pequena parte das pedras é beneficiada na Europa, EUA, Índia e China.

O grosso, cerca de 95% das gemas, é hoje lapidado em Israel, não mais com instrumentos manuais e sim através da automação a laser. Mas foi com eles que aprendemos a fina arte da metalurgia.

Dop de clique para diamantes

Tanga de lapidação de diamantes

Facetagem de diamantes

Lapidador de diamantes

Clique nas imagens para ampliar e nos links sublinhados para saber mais.

7 comentários em “Tangas e dops: equipamentos usados na lapidação de diamantes

Deixe um comentário simpático neste artigo: