Pingente com as órbitas estilizadas dos planetas do sistema solar

UMA BIJUTERIA ESQUEMÁTICA PORÉM IMPONENTE – Este belo pingente é uma verdadeira viagem à nossa vizinhança sideral. As órbitas dos planetas que compõem todo sistema solar estão nele representadas. Pela ordem, a partir do Sol: Mercúrio, Vênus, Terra, Marte, Júpiter, Saturno (e seus anéis), Urano, Netuno e Plutão.

Ler mais

Gargantilha com pingentes na vertical mostrando as fases da Lua

O PODER MAGNÉTICO DA LUA PENDURADO NO PESCOÇO – Bijuteria de prata dedicada a quem mantém um caso de amor sem fim com a Lua. Celebra os espíritos atormentados, complicados e selvagens que, em busca de romance, não temem a escuridão da noite e se aventuram sob o luar em um mundo de sonhos mágicos.

Ler mais

Anel meia-lua ou quarto crescente vazado em tamanho grande

LUA ADVERSA, UMA POESIA DE CECÍLIA MEIRELLES – Tenho fases, como a Lua, de andar escondida, fases de vir para a rua… Perdição da minha vida! Tenho fases de ser tua, tenho outras de ser sozinha. Fases que vão e que vêm, no secreto calendário que um astrólogo arbitrário inventou para o meu uso. E roda a melancolia…

Ler mais

Anel com as crateras da Lua foi finalista em concurso da NASA

UMA REPRODUÇÃO DA ACIDENTADA TOPOGRAFIA LUNAR – A NASA, faz algum tempo, lançou um disputado concurso de arte geek tendo como tema o espaço sideral, nas categorias Arte Original em 2D, Reproduções 2D e Arte em 3D. Entre os finalistas, este anel reproduzindo a acidentada topografia cheia de crateras da Lua.

Ler mais

Pingente com mini pá e gramado para os adeptos da jardinagem

UM PEDACINHO DE JARDIM PENDURADO NO PESCOÇO – O pingente é delimitado por bordas altas. Dentro da bandeja, grama sintética e terra presas por resina. Mas o ponto alto da peça é a réplica em miniatura de uma pazinha, como as usadas para plantar mudas. Qual adepto da jardinagem resiste a uma bijuteria assim?

Ler mais

Consumismo no Natal: o planeta que nos sustenta não aguenta

CELULAR PARA CÃES E IMPRESSORA DE PANQUECAS – Todo mundo quer tudo e isso não pode dar certo. A promessa do crescimento econômico é que os pobres poderão viver como ricos; e os ricos, como oligarcas. E assim vamos detonando os limites físicos do planeta que nos sustenta. Problema: isso a Terra não aguenta.

Ler mais
Página 1 de 401234Última »