Árvore da Vida recortada numa colher de sopa de aço inoxidável

BIJUTERIA OU ENFEITE FEITO COM TALHER RECICLADO – A superfície côncava de inox dá volume à Árvore da Vida recortada a serra tico-tico numa colher de sopa. Com uma argola, pode ser usada como pingente; com um alfinete, broche. Ou então, enfeite de mesa. A reciclagem gera uma boa renda para artesãos habilidosos.

Ler mais

Morcego steampunk feito com peças de metal e couro reciclados

UMA ESCULTURA GÓTICA COM JUNTAS ARTICULADAS – O morcego steampunk pode ficar sobre um pedestal de cabeça para baixo ou em pé, voando pendurado a um fio de nylon ou se arrastando na base com a boca escancarada. Com as juntas articuladas, a escultura é toda produzida com sucata de metais e restos de couro.

Ler mais

Esculturas de gatos montadas com sucatas recicladas de metal

ARTE COM FERRAMENTAS E UTENSÍLIOS EM DESUSO – Foices e martelos, facas e colheres, ganchos e alicates, engrenagens e calçadeiras de sapatos, entre outras sucatas, dão vida a uma bonita coleção de esculturas de gatos. O autor é mundialmente reconhecido pela reciclagem artística de ferramentas e utensílios de metal.

Ler mais

Cabo floral de talher antigo de prata reciclado como pingente

VOCÊ FAZ A MATRIZ E FATURA ALTO COM AS CÓPIAS – O cabo de uma colher ou garfo de faqueiro antigo de prata cheio de ornamentos florais em alto-relevo é martelado com cuidado. Depois de achatado, as bordas irregulares são serradas para modelar a medalha. Mas o pulo do gato para faturar é tirar cópias do original.

Ler mais

Morcego equilibrista esculpido com sucata de lata reciclada

UM SHOW DE BICHINHOS NO ‘CIRCO EM CONSERVA’ – O morceguinho equilibrista com expressão sonolenta faz parte de uma adorável coleção de bichos esculpidos com metal reciclado. Além de escultor sucateiro, o dublê de mestre de cerimônias inglês Mathew Roby também é um ilustrador steampunk de mão cheia.

Ler mais

Pingentes de peixinhos feitos com garfos de faqueiros antigos

TESOURO DE PRATA RECICLADO COMO JOIAS

Se um dia eu receber de herança o antigo faqueiro de prata que pertenceu à minha avó já sei o que fazer com o tesouro.

Facas e colheres vão virar objetos de arte, enquanto os garfos serão reciclados como pingentes de simpáticos peixinhos.

Ler mais
Página 1 de 41234