Sereia agarrada à âncora em aldrava ou batedor de porta retrô

BARULHO CAPAZ DE ACORDAR ATÉ MARUJO BÊBADO – O advento das campainhas elétricas transformou em peças de museu as velhas aldravas ou argolas de metal para bater em portas. Sereias, porém, não perderam o antigo charme e ainda são capazes de seduzir em versões modernas para casas de praia ou embarcações.

Ler mais

Anel com sineta de mola para chamar a atenção dos pedestres

SOM PECULIAR NO MEIO DO RUÍDO URBANO

Um acessório para quem precisa avisar que está chegando por trás das pessoas, de bicicleta, skate, patins ou apenas correndo.

O anel tem uma sineta com badalo de mola que, acionado por um peteleco com o dedão, emite o som estridente de campainha.

Ler mais

As novas motos elétricas silenciosas para uso policial e militar

MOTOCICLETA ‘ZERO’ DE POLUIÇÃO SONORA

Elas não fazem qualquer tipo de ruído, a não ser o do contato dos pneus com o chão. Barulho mesmo, só quando as sirenes são ligadas.

Por tanto silêncio, as motos são ideais em abordagens a criminosos pela polícia ou em ações táticas militares off-road de assalto furtivo.

Ler mais

Noite Feliz tocada com ronco do motor de motocicleta Harley-Davidson

NÃO É RUÍDO, MAS MÚSICA PARA OS OUVIDOS

Motos Harley-Davidson são um sonho de consumo. Além de bonitas e muito possantes, o som do motor é irresistível.

Mais do que isso, é melodioso, como comprova o anúncio comercial da divisão europeia da HD para celebrar o Natal.

Ler mais

Sonzeira potente para instalar no seu carro e arrombar a festa

DETONE OS TÍMPANOS ALHEIOS COM ESTILO

Ninguém instala um equipamento acústico potente no carro porque o funk ou música eletrônica que saem dele fazem bem aos tímpanos.

Quem gasta tanto com isso não é muito diferente do Rei do Camarote: quer é chamar atenção, arrombando a festa e perturbando os outros.

Ler mais

O canto melodioso, estridente e polêmico da sabiá-laranjeira

O IMPLACÁVEL TENOR DA NOSSA NATUREZA – ‘Será abençoada com amor, felicidade e paz a criança que ouvir o canto de uma sabiá-laranjeira durante as madrugadas’, garante uma antiga lenda indígena. Isso, só se for lá na floresta porque, na selva urbana, a história pode ser bem outra.

Ler mais
Página 1 de 3123