Anel regulável de caveira ‘memento mori’ para curtir a existência

UM AVISO: ‘LEMBRE-SE QUE VOCÊ É APENAS MORTAL’ – A maioria das pessoas usa acessórios com caveiras porque acha a moda irada ou se identifica com grupos de roqueiros e tribos de motociclistas, coisas assim. Mas desde tempos ancestrais os crânios servem como um lembrete para valorizar a nossa existência terrena.

Ler mais

Falso brilhante: anel de pobre para esses tempos de crise

BRINCADEIRA BEM-HUMORADA SERVE DE ‘PROMESSA’ – Um anel solitário de diamante ou uma aliança com brilhantes são presentes difíceis de se dar em situações de aperto eventual ou épocas de crise econômica. Esta bijuteria com estampa de pedra lapidada pode quebrar o maior galho nos períodos de “vacas magras”.

Ler mais

Anel com asas para quem voa em busca do sonho de liberdade

A ARTE COMO METÁFORA DE UMA VIAGEM ALADA – Somos assim. Sonhamos o voo, mas tememos as alturas. Para voar é preciso amar o vazio. Porque o voo só acontece se houver a ausência de certezas. O homem quer voar, mas teme o vazio. Por isso troca o voo por gaiolas, o lugar onde as certezas moram.

Ler mais

Movimento feroz de ataque de tubarão reproduzido em pingente

COLEÇÃO INCLUI ANÉIS COM OS PREDADORES EM 3D – Palavra de microescultores habituados com réplicas de animais marinhos: este é um dos mais bonitos e bem executados pingentes de tubarão para se usar em cordões ou até como chaveiros. O par de anéis reguláveis em 3D que completa a coleção também é adorável.

Ler mais

Anel regulável com duas patas como um gato agarrado ao dedo

AO MESMO TEMPO, O GATINHO ESTÁ… E NÃO ESTÁ LÁ – ‘O estudo da metafísica consiste em procurar, num quarto escuro, um gato preto que não está lá’, dizia com espirituosidade o filósofo Voltaire. Neste anel temos só as patinhas com as pegadas, suficientes para nos permitir supor a ontológica presença felina sob o dedo.

Ler mais
Página 1 de 41234