Situação da Globo: se correr o povo pega, se ficar o leão come

DAVI BLOGUEIRO DETONOU GOLIAS DA MÍDIA

Grandes empresários sonegam todos os anos mais de R$ 400 bilhões em impostos.

Por que os protestos não se lembraram da sonegação, que é um ralo bem maior de recursos públicos do que a corrupção?

Ler mais

Jesus aparece em filme como um líder socialista

O CHEFE DE REDAÇÃO
Se Jesus retornasse hoje à Terra e escolhesse Nova York para a sua aparição, de que lado ficaria: na rua, entre 99% da população comum representada pelos manifestantes do movimento Ocupy Wall Street, ou no luxo dos gabinetes dos banqueiros que administram as riquezas de 1% da parcela mais rica dos EUA?

Ler mais

O cineasta Michael Moore e a vida entre os 1% mais ricos

O CHEFE DE REDAÇÃO
O cineasta Michael Moore — premiado documentarista conhecido pela sua postura crítica em relação às grandes corporações, à violência armada, à invasão de países e à hipocrisia dos políticos — divulgou nova mensagem de apoio aos manifestantes do Occupy Wall Street, que protestam contra a orgia financeira do sistema capitalista.

Ler mais

Bancos nos EUA nadam em dinheiro e não emprestam a quem precisa

O CHEFE DE REDAÇÃO
Alguns bancos nos EUA estão demolindo as casas tomadas dos devedores e doando os terrenos, porque isto sai mais barato do que pagar impostos.

Segundo a imprensa americana, os banqueiros estão tão cheios de dinheiro, a ponto de tentar afastar alguns clientes – e, mesmo assim, não emprestam os recursos.

Ler mais

Negros estão solidários com o movimento Occupy Wall Street

O CHEFE DE REDAÇÃO
‘O poder hegemônico das finanças se desconectou da economia real, não está mais no negócio de fabricar e vender cordas para o povo se enforcar.

Agora transforma o mundo em capital, para alimentar o capital, para a transformação do capital. Já não pode coexistir com a vida humana’.

Por Glen Ford, editor de Black Agenda Report.

Ler mais

Ganância de bancos e elite financeira coloca o povo nas ruas

O CHEFE DE REDAÇÃO
A ganância dos bancos foi liberada para valorizar qualquer lixo que proporcionasse altos lucros e gordas bonificações.

Utilizaram recursos públicos para garantir os interesses econômicos de quem na realidade havia perdido tudo.

Como estes são os super-ricos deu-se um jeito de mantê-los com todo o patrimônio que possuiam.

Ler mais
Página 1 de 212