33 anos depois mar devolve à praia areia levada pela ressaca

NATUREZA RECOMPÕE SOZINHA ESTRAGO DAS ONDAS – Em 1984, um balneário irlandês teve o azar de ser atingido por violenta ressaca que lavou toda a areia da bonita praia de 300 metros. Em seu lugar surgiu um desolador cenário de rochas e cascalho. Agora, meio por encanto, a natureza começa a consertar o estrago.

Ler mais

Ponta de areia fantástica em praia da Croácia, o País das Mil Ilhas

UMA PAISAGEM TROPICAL NO CORAÇÃO DA EUROPA – A praia Zlatni Rat de duplo costado, conhecida como Chifre de Ouro, é a principal atração de uma das maiores ilhas do mar Adriático. Equiparável às paisagens tropicais, é o cenário mais fotografado da Croácia: sua faixa de areia penetra meio quilômetro mar adentro.

Ler mais

Eylenda – a deslumbrante natureza selvagem da Islândia

VÍDEO COM PAISAGENS DE TIRAR O FÔLEGO

Dois estudantes alemães de Comunicação Social levaram duas semanas para capturar as imagens do vídeo intitulado Eylenda.

Através da técnica time-lapse, apresentam a vida selvagem em cenários naturais de tirar o fôlego na Islândia, terra dos vikings.

Ler mais

Ovo Fabergé interativo comemora a Páscoa em vitrine de luxo

EFEITO DE EXPLOSÃO ESPALHANDO LUZES

Num concurso de vitrines temáticas para celebrar a Páscoa, este ovo interativo seria imbatível pela beleza dos efeitos tecnológicos.

A projeção de imagens feéricas num display tridimensional produz o efeito de uma explosão, espalhando a luz em várias direções.

Ler mais

Prohodna: a caverna búlgara com dois olhos abertos no teto

UM LUGAR IDEAL PARA A PRÁTICA DO RAPEL

Uma pedida para quem gosta de se aventurar fora do circuito turístico basicão é encarar os Olhos do Diabo, na Bulgária.

Eles são formados por duas cavidades amendoadas no teto de Prohodna, uma caverna com 260 metros de comprimento.

Ler mais

Terra é sacudida por vários terremotos em menos de 24 horas

TREMORES ABALAM QUATRO CONTINENTES

Em menos de 24 horas quatro terremotos de média magnitude, sacudiram a Terra em quatro continentes diferentes.

Os abalos, de 5,1 a 6,6 pontos na escala Richter, atingiram as Américas do Norte e do Sul, a Europa e a Ásia Ocidental.

Ler mais
Página 1 de 171234Última »