Morcego steampunk feito com peças de metal e couro reciclados

UMA ESCULTURA GÓTICA COM JUNTAS ARTICULADAS – O morcego steampunk pode ficar sobre um pedestal de cabeça para baixo ou em pé, voando pendurado a um fio de nylon ou se arrastando na base com a boca escancarada. Com as juntas articuladas, a escultura é toda produzida com sucata de metais e restos de couro.

Ler mais

Pingentes com molduras de fechos reciclados de móveis antigos

ORNAMENTOS DE METAL VIRAM BIJUTERIAS VINTAGE – Fechos de portas e gavetas de móveis antigos são arrematados com molduras metálicas cheias de entalhes. Para não desfigurar o mobiliário em bom estado, o macete é copiar modelos originais em pewter para reproduzir as bijuterias em série e montar altas coleções.

Ler mais

Letreiro forjado em aço com vitral para cervejaria artesanal

OS ALTOS TEORES DAS CERVEJAS ‘BELLES DE TRÉBAS’ – O bacana deste letreiro retrô são os nichos vazados na chapa metálica. Preenchidos com vitrais, a luz solar projeta na parede as silhuetas coloridas de copos com cervejas. O painel sinaliza uma cervejaria artesanal que produz bebidas batizadas com nomes de mulheres.

Ler mais

Fivelas para cintos com símbolos femininos e feministas de poder

ACESSÓRIOS EMBLEMÁTICOS DO ATIVISMO POLÍTICO – Aqui no Brasil, fivelas para cintos com símbolos de poder da mulher não são tão comuns. Lá fora, a consciência política feminina é avançada e os movimentos feministas igualmente mais articulados. Estes modelos são emblemáticos, montados em aço, latão e cobre.

Ler mais

Letreiros para salão de cabeleireiro em aldeia medieval francesa

PLACAS DUPLA-FACE PENDURADAS EM CANTONEIRAS – Dois letreiros retrô para salões de cabeleireiros estão entre os nossos preferidos no gênero, pelo senso de humor e delicadeza das formas. As placas penduradas em cantoneiras de ferro forjado estão instaladas nas fachadas de antigos prédios de uma aldeia medieval.

Ler mais

Letreiro antigo com réplica de navio em metal banhado a ouro

GALEÃO DOURADO SOBREVIVEU A BOMBARDEIO REAL – Sob todos os pontos de vista este antigo letreiro é um absurdo artístico: a réplica de um navio do século XV é totalmente banhada a ouro. Suspenso pelo mastro central em cantoneira de ferro, o galeão balança e gira ao sabor do vento na esquina de uma cidade húngara.

Ler mais
Página 1 de 301234Última »