Volante de velho registro de gaveta é reciclado como pingente

MANOPLA DE VÁLVULA HIDRÁULICA VIRA BIJUTERIA – Partes de velhos registros de gaveta costumam ser reciclados como puxadores de móveis, ganchos para roupas e até flores artificiais. Porém, adaptados como pingente ou medalhão para cordões é a primeira vez que vemos. É estranho, mas sempre tem quem goste.

Ler mais

Ventiladores de metal cobreado com o formato de cão e gato

DECORAÇÃO PET TORNA O AMBIENTE MAIS AREJADO – Com o formato figurativo de cão e gato, fabricados com chapa, varetas, arames e telas de metal cobreados, estes são os ventiladores artesanais em estilo vintage mais charmosos que podem existir. A estrutura externa dos aparelhos decorativos é inteiramente feita à mão.

Ler mais

Árvore da Vida recortada numa colher de sopa de aço inoxidável

BIJUTERIA OU ENFEITE FEITO COM TALHER RECICLADO – A superfície côncava de inox dá volume à Árvore da Vida recortada a serra tico-tico numa colher de sopa. Com uma argola, pode ser usada como pingente; com um alfinete, broche. Ou então, enfeite de mesa. A reciclagem gera uma boa renda para artesãos habilidosos.

Ler mais

Tigela ou saboneteira de cerâmica e metal ‘escorrendo’

ARTE EM MOVIMENTO COM PLASTICIDADE DO PEWTER – O utensílio tanto pode enfeitar mesas e prateleiras quanto servir de saboneteira com design sofisticado. A tigela de cerâmica é adornada por pewter fundido, como se o metal ainda estivesse escorrendo bem quente. A liga tem a vantagem de não oxidar como a prata.

Ler mais

Esculturas de gatos montadas com sucatas recicladas de metal

ARTE COM FERRAMENTAS E UTENSÍLIOS EM DESUSO – Foices e martelos, facas e colheres, ganchos e alicates, engrenagens e calçadeiras de sapatos, entre outras sucatas, dão vida a uma bonita coleção de esculturas de gatos. O autor é mundialmente reconhecido pela reciclagem artística de ferramentas e utensílios de metal.

Ler mais

Painel e quadros com borboletas e flores coloridas de metal

UMA BORBOLETA DIANTE DE MIM, DE ALBERTO CAEIRO – Passa a borboleta diante de mim e pela primeira vez no Universo reparo que borboletas não têm cor nem movimento, assim como as flores não têm perfume ou cor. A cor é que tem cor nas asas da borboleta, no movimento da borboleta o movimento é que se move.

Ler mais
Página 1 de 551234Última »