Silhueta de gato em suporte porta-livros para mesas ou estantes

GATO: SÍMBOLO E GUARDIÃO DA VIDA INTELECTUAL – “O salto que o gato dá para atingir a estante é mais do que impulso para a cultura. É o movimento civilizado de um organismo plenamente ajustado às leis físicas. Livros e papéis beneficiam-se com a presteza austera do símbolo e guardião da vida intelectual.” (Drummond)

Ler mais

Pintura de pedras roladas lembra cascas dos ouriços-do-mar

NO MEIO DO CAMINHO TINHA UMA PEDRA… COLORIDA – Uma pedra na frente do distraído pode significar uma topada iminente; e no meio do caminho de um poeta, versos imortais. Mas, ao alcance das mãos de uma artista atenta e talentosa, os seixos podem se transformar em mandalas, pesos de papel ou enfeites de mesa.

Ler mais

Cortar o tempo em fatias, numa bela mensagem de Ano Novo

QUE MAIS AMOR SEJA POSSÍVEL EM 2016

Quem teve a ideia de cortar o tempo em fatias, a que se deu o nome de ano, foi um cara genial, vamos combinar.

Industrializou a esperança, no limite da exaustão. Doze meses dão para qualquer ser humano entregar os pontos.

Ler mais

Uma casa (ou uma pedra) no meio da estrada (ou do caminho)

DO BLOG BANANAPOST
Após recusar uma proposta para permitir a demolição de sua residência, um casal de idosos chineses vive agora rodeado por uma rodovia.

Como vingança, a construtora decidiu contornar o imóvel, isolando ‘na marra’ os seus moradores.

Ler mais

E agora, José? Vitória de Haddad desanuvia a política em São Paulo

A LUZ APAGOU E O POVO SUMIU…
Com um certo tom de misericórdia, nossa homenagem à velha mídia que tanto desinformou acerca dos fatos políticos nas eleições municipais, que ora se encerram.

O poema de Drummond, musicado por Paulo Diniz, vai para todos vocês, ‘josés’ colunistas da imprensa decadente e manipuladora, rejeitados pelo eleitor consciente.

Ler mais

Hazel Jones provoca excitação mundial com suas duas vaginas

A CACHAÇA DA HAPPY HOUR
Poucas vezes uma palavra foi tão perseguida num único dia na rede, como aconteceu nesta sexta-feira 13, com ‘vagina’ ou a sua grafia no plural.

É natural que tenha causado tamanha curiosidade planetária a revelação da inglesa Hazel Jones de que possui o aparelho genital duplicado.

Ler mais
Página 1 de 212