Software que previne bullying foi criado por garota de 13 anos

‘REPENSE’ O CIBERBULLYING COM RETHINK

Prevenção contra bullying na rede

Uma adolescente de apenas 13 anos de idade criou um projeto que tem o potencial de diminuir em mais de 90% a praga do bullying pela Internet, também conhecido como ciberbullying.

O software Rethink (Repense), da norte-americana de ascendência indiana Trisha Prabhu, é finalista da Feira de Ciências do Google. Os 15 vencedores serão anunciados em setembro.

O conceito é realmente interessante: o programa alerta os jovens sobre o conteúdo ofensivo das mensagens que eles ainda estão pensando em postar. Mas como a garota chegou a isso?

Simples, amparada na descoberta científica de que a parte do cérebro que controla a tomada de decisões e ajuda a pensar antes de agir não está completamente formada antes dos 25 anos.

ANJO DA GUARDA TECNOLÓGICO

Assim, o Rethink funciona como uma espécie de “anjinho bom”, que sussurra nos ouvidos da galera o conselho de que postar determinada mensagem por impulso pode não ser uma boa ideia.

Durante os testes, Trisha criou dois softwares distintos. Um deles mostrava mensagens ofensivas aos internautas e perguntava se eles as republicariam em suas redes sociais.

No outro, os adolescentes que respondiam sim à pergunta recebiam o alerta: “Essa mensagem pode ser ofensiva para os outros. Você gostaria de parar, revisar e repensar antes de postar?”.

Bingo! Entre os 300 usuários do Rethink, todos alunos da escola da garota, nada menos que 93% desistiram de postar as mensagens quando receberam o alerta para repensar a ação.

Com Voz da Rússia

Deixe um comentário simpático neste artigo: