Sem Destino – o filme, a trilha e o ator que fizeram história



Todo mundo resolveu homenagear Dennis Hopper, que morreu neste sábado (29), com as músicas Born to Be Wild ou The Pusher, tão hard e rascantes como o ator, ambas na interpretação da banda Steppenwolf, do lendário vocalista John Kay.

Entre os vídeos do YouTube eu prefiro este outro tema da trilha sonora de Easy RiderThe Weight, com The Band — pois a paisagem me lembra viagens de jeep pela região do nosso vale do Jequitinhonha, lá para os lados de Diamantina/MG.

Em tempo, nesse trecho do filme, Dennis Hopper é o bigodudo de chapéu e óculos escuros que fica ziguezagueando com a moto pra lá e pra cá na highway que corta o deserto.

Sem Destino, como ficou conhecido aqui, é um marco da contracultura cinematográfica. Explora as paisagens sociais, assuntos e tensões nos EUA da década de 1960, tal como a ascensão e queda do movimento hippie, o uso de drogas e estilo de vida comunal. Foi dirigido por Dennis Hopper (premiado em Cannes, 1969) e estrelado por Peter Fonda, Jack Nicholson e Karen Black, além do próprio Hopper — também autor da estória, com Peter Fonda e Terry Southern.

Deixe um comentário interessante neste artigo: