Rosto humano no cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko é pareidolia

ILUSÕES DE ÓTICA NUMA ROCHA ESPACIAL

Cara de gente no cometa

Enxergar rostos em objetos incomuns não é nada novo. O fenômeno é chamado de pareidolia, uma resposta psicológica a traços e contornos de imagens cotidianas sob algum estímulo aleatório.

É uma forma de apofenia, que é quando as pessoas veem padrões ou conexões em dados sem ligação entre si. Foi o que aconteceu com as fotos enviadas do cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko.

Face humana no cometa

As imagens foram captadas pela sonda Rosetta, da Agência Espacial Europeia (ESA), que entrou na órbita do corpo celeste na semana passada, a quase 800 milhões de km de distância do Sol.

Mas a ilusão de ótica foi badalada pelo portal da juventude do Centro Aeroespacial Alemão. Se é assim, em outra foto também conseguimos ver a cabeça de um macaco com outra de leão no focinho.

Cabeças de macaco e leão em cometa

Clique nas imagens para ver originais

Deixe um comentário simpático neste artigo: