Reforma para transformar meu Jeep Willys CJ5 num gigante


Reforma de Jeep Willys CJ5

UMA BAIXINHA COM UM GIGANTE

Do blog NEMO Design (em 29/10/2009) – colaboração de Nívia de Oliveira Castro

Quando comprei este jipe Willys CJ5, 64, a ideia foi transformá-lo num veículo para passeios e excursões off-road. Ele já estava adaptado com um motor de Opala, 4 cilindros, sem a caixa reduzida e, por isso, não compensava utilizá-lo em trilhas ou outras atividades muito radicais.

Mas o objetivo era esse mesmo, usar o jipão todo arrumado em programas mais light, no trajeto entre a Fazenda dos Campos e a cidade de São João Nepomuceno e nas viagens que costumo fazer pela Zona da Mata e pelas Regiões Serrana e dos Lagos, no Rio de Janeiro.

Estive em Petrópolis e fiz uma série de fotos na oficina da NEMO, onde a reforma e customização do meu jipe está sendo executada. Neste post vou publicar apenas quatro imagens para o carregamento não ficar muito pesado. Clique nas fotos para ampliar.

Jeep Willys CJ-5 Parachoques Dianteiro
Este jipe terá a carroceria toda preta brilhante, com vários componentes em prata acetinado e vermelho ferrari. É para forçar o contraste mesmo. Seguindo esta linha, a capota será na cor gelo.

A altura vai chegar perto dos 2,20 m e, para isto, os eixos dianteiro e traseiro saíram da posição original, que passa por dentro da suspensão. Agora os feixes de mola estão fixados sobre os eixos.

Por isso o bicho vai subir tudo o que for possível. Para escalá-lo, será necessário uma pernada e tanto. A distância do estribo até o chão não deixa mentir.

Jeep Willys CJ-5 Estribo
Todos os componentes externos e internos encontram-se praticamente prontos. Quem quiser conferir, pode dar uma olhada no post em que aparece a incrível transformação do velho volante. O trabalho de customização foi de tirar o fôlego.

As três manoplas de câmbio que encomendei à NEMO também são fantásticas, isto sem falar das pedaleiras e do freio-de-mão. Já estou preparando dois novos posts só para mostrar os acessórios.

Jeep_Willys_CJ-5_Parachoques_Traseiro
Nos próximos dias o pessoal da NEMO dá início à sessão de pintura da carroceria, que já se encontra totalmente no osso. Mas enquanto esse trabalho é realizado, voltarei a publicar mais fotos e novos detalhes aqui.

Garanto que tem muita coisa bonita para quem é apaixonado por jipes. Voilà!

* * *

NEMO - Estúdio & Oficina de Artesanato Inovador

15 comentários em “Reforma para transformar meu Jeep Willys CJ5 num gigante

  • 4 de junho de 2014 em 19:46
    Permalink

    Ola boa noite, achei muito legal essa alavanca de cambio toda curva, muito legal mesmo, vc comprou ela assim ou mandou fazer.

    Resposta
    • 4 de junho de 2014 em 20:13
      Permalink

      Oi, Emerson. Ela já veio desse jeito no jipe. Mas tem duas marcas de solda, ou seja, foi composta por três pedaços emendados. Parece coisa simples para qualquer serralheiro. Joia?

      Resposta
  • 3 de junho de 2013 em 08:56
    Permalink

    Olá, bom dia. Estou no encalço de comprar um jipe e mandar fazer algumas mudanças. Poderia me passar o contato dessa oficina que esta fazendo o trabalho em seu jipe? Que aliás, está ficando muito bom. Essa oficina esta no RJ certo? estou a 700km do rio, em Lajinha-MG, essa me ajudaria muito. obrigado.

    Resposta
    • 3 de junho de 2013 em 10:52
      Permalink

      No momento, Geovani, passaram a trabalhar apenas com veículos próprios para posterior revenda devido à demanda do mercado. Por isso, novos serviços de reforma e customização para terceiros estão TEMPORARIAMENTE suspensos. De qualquer forma, havendo novidades não deixaremos de te evisar por email, tenha certeza disso. Pode ser que até você encontrar o seu jipe já tenham voltado à prestação normal de serviços. Abraços e boa sorte.

      Resposta
  • 19 de março de 2012 em 22:36
    Permalink

    parabens gostaria de receber mais fotos tenho um e vou acabar criando coragem se voce me ajudarr !
    brasilia df

    Resposta
  • 4 de outubro de 2010 em 01:21
    Permalink

    Favor fornecer contato com a oficina Nemo de Petropolis.Grato.

    Resposta da Nivia: Você pode se comunicar direto, Glaucio, através do Matéria Incógnita. Eles é que são os responsáveis pelo blog. Tem uma página de contato para isso, ok? Anote aí o endereço:

    http://www.materiaincognita.com.br/

    Resposta
  • 23 de junho de 2010 em 20:16
    Permalink

    Ola nivia parabens pela maquina pelo jeito já está muito bonita. Show de bola sou um aficcionado porem nao tenho ainda uma maquina dessa fico só pesquisando pq quando tiver pretendo fazer o mesmo. Pelo jeito essa oficina é muito boa gostaria encarecidamente que vc me passasse o endereço para uma reforma a pósterior poq gostei muito de designe
    desde já agradeço a sua boa vontade e novamente parabens

    Resposta
  • 24 de fevereiro de 2010 em 10:31
    Permalink

    Concordo com o Adauto. Mostra mais fotos dele. Pode ser?
    Pretendo adquirir um de preferencia 4X2 para modificá-lo.
    Admiro voces. Cada idéia melhor que a outra.
    Trabalhei 25 e 1/2 só com 4X4. Mas quero um jeep para modificá-lo. Deixar como automovel. Bem baixo, macio, motor com Inj.E., Ig. E. e rápido. Suas idéias poderao me ajudar e muito.
    Abraço. DEUS esteja contigo sempre.

    Resposta
  • 8 de novembro de 2009 em 16:26
    Permalink

    Ta ficando muito bonito. Da pra imagina ele pronto. Parabens Nivia.

    Resposta
  • 31 de outubro de 2009 em 11:08
    Permalink

    Mostra mais Livia!!!!! Mostre-me tudo, nao esconda nada!!!!!

    Resposta
  • 30 de outubro de 2009 em 14:26
    Permalink

    nívia:
    neste caminho o jipe willys acaba se tornando um veículo
    espacial. terei que poemá-lo.
    um beijo.
    romério

    Resposta
    • 30 de outubro de 2009 em 14:41
      Permalink

      Bem lembrado, Romério… desse jeito (sem carroceria) está mesmo parecido com aqueles jipinhos que a NASA manda para explorar Marte, não é isso?

      Taí, de todas as formas não deixa de ser um tema inusitado. O Geraldinho Azevedo não fez o “Táxi Lunar”? Pois então, por que não um “Jipe Intergalático” pulando entre estrelas? Rsrsrs…

      E tem outra, Romério, por ser conversível é o melhor offroad que existe para se fazer observações ufológicas nas profundas noites do nosso interior mineiro, né não?

      Abs. Nivia.

      Resposta
  • 29 de outubro de 2009 em 21:32
    Permalink

    Tb concordo, Nivia. Se já tava modificado tinha mesmo é que manter o estilo. Não compensava voltar pro original ou trocar o motor, transmissão… Mas parece que tá ficando beleza. Mostra mais umas fotos pra poder analisar melhor. Fiquei curioso em ver o resultado final. Pode ser?

    Resposta
  • 29 de outubro de 2009 em 20:58
    Permalink

    Cacerolas, Nívea, tou aprerndendo contigo a como deixar um jeep no jeito, hem?

    Mostra mais fotos preu me inspirar e tirar mais umas idéias, pode ser?

    Meu cj tá meio caidinho mas já vi que tem jeito. Vou ficar de butuca prá me inspirar, Nívea.

    GG… joinha, joinha… hehehehehe…

    Resposta

Deixe um comentário interessante neste artigo: