Rede Band de TV fatura o diabo com venda de horários para igrejas

Band Evangélica

BUSINESS DE R$ 280 MILHÕES ANUAIS

A Cachaça da Happy Hour

Este ano a Band vai se transformar na emissora de TV com o maior número de horas vendidas para igrejas e também na que mais fatura com religião. Os dois recordes serão alcançados, no mês que vem, com a estreia de um novo programa religioso comandado pelo pastor tucano e dissidente da tradicional Assembleia de Deus, Silas Malafaia.

De maio deste ano até maio de 2013, a TV da família Saad deve faturar cerca de R$ 280 milhões com a venda de horários para três diferentes evangelistas: Valdemiro Santiago, da Igreja Mundial do Poder de Deus (que arrenda o canal UHF 21 e parte das madrugadas), o missionário R.R.Soares, da Igreja Internacional da Graça e o ministério de Malafaia.

Isso representa cerca de 30% do faturamento bruto da Rede Bandeirantes em 12 meses O número também representa que 25,5% da grade de programação da Band será comandada só por pastores.

Não há nenhuma legislação específica e clara no Brasil que proíba ou controle a venda de horários a igrejas por emissoras, que são concessões públicas.

Por sua vez, o bispo Edir Macedo, da Igreja Universal, aproveitou a baixa do valor de imóveis nos EUA para fazer um giro de US$ 17,5 milhões no seu capital com a incorporação patrimonial de um prédio no centro de Los Angeles, EUA.

Com F5

Deixe um comentário simpático neste artigo: