Quem usa Android pode estar pagando por serviços premium de SMS

Vírus Boxer - Android

DANÇANDO NA CONTA SEM SABER

Por Yuri Vandereer *

Brasileiros que rodam o sistema Android podem estar com seus aparelhos infectados. Então, é melhor ficar bem esperto.

É que a fabricante de antivírus Eset acaba de descobrir o Boxer, primeiro vírus que lucra com serviços de SMS pagos.

O código malicioso está programado para se instalar no Android, largamente utilizado por estas bandas.

Sem saber, o usuário assina serviços premium de SMS e, em seguida, o valor é debitado da conta telefônica da vítima.

O vírus afeta um total de 63 países, nove deles latino-americanos, incluindo o Brasil.

Segundo a Eset, o malware está presente em 22 aplicativos do Google Play, a loja de apps do Android.

No momento em que aceita a instalação, sem ler os termos e condições, o usuário permite que o aplicativo inscreva o telefone em serviços pagos.

A partir da obtenção dos códigos numéricos do telefone e qual operadora o usuário utiliza, o malware entra rapidinho em ação.

“Ações tão simples como a leitura dos contratos de licença e as permissões que um aplicativo solicita no momento da instalação permite diminuir o risco de infecção por um código malicioso. Se algum usuário teve incidente de gastos não identificados em sua conta, recomenda-se checar a que números correspondem”, adverte a nota da Eset.

* Yuri Vandereer edita o blog HotGaragem (com informações do Terra)

Deixe um comentário interessante neste artigo: