Profeta da apocalipse nunca soube data do fim do mundo

Profetas do apocalipse

PREVISÕES FURADAS… MAS MILIONÁRIAS

Do blog BananaPost

De malucos-beleza a candidatos a santo, passando por profetas performáticos, de tudo um pouco se encontra nas calçadas de metrópoles nos EUA. São tantos que ninguém parece se incomodar com essas folclóricas figuras, a ponto de algumas conseguirem formar séquitos de seguidores fanáticos.

Que o diga Harold Camping, um locutor com poderoso vozeirão, hoje aos 90 anos, que montou um baita império radiofônico fazendo arriscadas apostas em certas datas para o fim do mundo. Só que, por azar — dele! –, o apocalipse não veio.

Diante de tantos palpites furados, começou a cair a ficha — não mais nos cofres desse pastor evangélico, mas na consciência dos ex-fieis seguidores — de que o velhote falastrão, na verdade, nunca passou de um mistificador barato.

Mas antes de ver transformado em pó o ainda gordo patrimônio que lhe resta, Camping confessou nunca ter possuído evidências de que o mundo acabaria tão cedo como gostava de propalar e, por isso, não estaria interessado em avaliar futuras datas.

Através de uma carta publicada em sua página eletrônica, Harold Camping admitiu pela primeira vez ter errado as profecias: “Nós percebemos que inúmeras pessoas estão esperando saber a data do retorno de Cristo”, escreveu o falso profeta. “Nós humildemente reconhecemos que estávamos errados com relação ao tempo”.

A Family Radio International de Camping continua no ar em sua sede próxima ao aeroporto de Oakland. Nos últimos anos, a organização gastou milhões de dólares, a maior parte de doações feitas por seguidores, em outdoors anunciando o Dia do Julgamento Final.

Depois que o cataclismo não aconteceu em 21 de maio, como havia sido previsto, Camping reavaliou sua profecia, alegando que ele estava defasado cinco meses.

Seguidores ficaram desapontados quando o novo “arrebatamento” não aconteceu, particularmente aqueles que pediram demissão de seus empregos ou doaram parte de seu fundo de pensões ou poupança para a universidade para que mais de 5 mil outdoors fossem fabricados e 20 veículos fossem cobertos com a mensagem do Dia do Juízo Final.

Camping foi hospitalizado depois de sofrer um leve, porém providencial, derrame cerebral, antes que ganhasse corpo uma campanha de linchamento moral. Mas tão logo se “recuperou”, o pastor continuou a divulgar mensagens que desastres naturais destruiriam o mundo através de seu website e do programa de rádio semanal “Open Forum”.

Na quinta-feira (8), enfim, Camping jogou a toalha para comunicar aos seus fiéis que ele havia parado de buscar novas datas e que concentraria a sua fé na leitura das escrituras sagradas.

“Deus nos tornou mais humildes através dos eventos ocorridos em 21 de maio”, escreveu ele. “Nós devemos também reconhecer que não temos novas evidências que apontam para uma data do final do mundo. Embora inúmeras datas estejam circulando, a Family Radio não possui interesse em sequer levar outra data em consideração”.

As falsas profecias de Harold Camping viraram uma febre à época, tendo sido lançados banners e estampas de camisetas para fazer zoação com as datas escolhidas — como a imagem abaixo.

Previsões sobre fim do mundo

Com Brazilian Voice

Um comentário em “Profeta da apocalipse nunca soube data do fim do mundo

Deixe um comentário simpático neste artigo: