Presbiopia: vista cansada ou síndrome do braço comprido

Síndrome do braço comprido

CADA VEZ MAIS CEDO

O incômodo é tão sensível que lá fora já apelidaram de síndrome do braço comprido. Antigamente, ela se manifestava a partir do 40 anos; agora, arrebenta com a nossa visão cada vez mais cedo. E o maior uso da internet móvel só contribui para antecipar a presbiopia — mais conhecida como vista cansada.

Cada vez mais brasileiros acessam a rede pelo celular, smartphone, tablet, netbook ou palm é cada vez maior. Levantamento da Associação Brasileira de Telecomunicações revela que os acessos à banda larga móvel no país saltaram de 23,6 milhões de conexões para 47,2 milhões nos últimos doze meses.

Oftalmologistas do Instituto Penido Burnier, de Campinas, notaram algo de errado e durante dois anos acompanharam 86 pacientes com idade de 32 a 37 anos. O grupo chegava a usar a internet móvel até 4 horas por dia. A vista cansada apareceu aos 37 e 38 anos em 13 pacientes, ou 15% do grupo.

O principal motivo, para os médicos do IPB, é o tamanho das telas que faz as pessoas aproximarem mais os equipamentos dos olhos do que costumam fazer com textos impressos. Resultado: exigem um esforço extra do cristalino que começa a falhar.

Não quer dizer que os equipamentos devam ser abandonados. O que precisamos entender é que quanto mais nos esforçamos para enxergar imagens próximas maior é a propensão à presbiopia. Mas há dicas e “ginásticas” oculares para evitar a alteração precoce da visão:

. Aumentar o tamanho das letras;
. Evitar o uso dos equipamentos em locais mal iluminados;
. Olhar para o horizonte por 20 segundos a cada 20 minutos de navegação.

SINTOMAS DA PRESBIOPIA

A presbiopia é a dificuldade de enxergar de perto decorrente do envelhecimento ocular. É caracterizada pelo enrijecimento do cristalino, lente interna do olho responsável pelo foco, e dos músculos ciliares que controlam seu formato.

Apesar de afetar toda a população com mais de 40 anos, é uma alteração desconhecida por muitas pessoas. Só para se ter uma idéia, no Brasil 50 milhões de pessoas têm presbiopia, mas 58% não sabem que são portadoras e convivem com dificuldades corriqueiras no dia-a-dia.

Os sintomas da presbiopia em pessoas sem vício de refração, em portadores de hipermetropia e astigmatismo são:

. Dificuldade para ler bulas, rótulos, livros, jornais e revistas;
. Problemas para aplicar maquiagem ou barbear;
. Dificuldade para realizar trabalhos manuais ou praticar esportes;
. Não enxergar os texto no computador e outros equipamentos.

No caso dos míopes estes sintomas só aparecem quando a presbiopia supera a miopia.

TRATAMENTO DA PRESBIOPIA

A correção da presbiopia pode ser feita com óculos ou lentes de contato monofocais para quem não tem outro problema de refração e multifocais para quem tem miopia, hipermetropia ou astigmatismo.

Para quem não quer usar óculos e nem se adapta às lentes, pode ser feita cirurgia refrativa monovisão, também chamada de báscula, em que o cirurgião deixa um olho enxergando bem de perto e outro de longe.

Também pode ser aplicada a nova técnica do Prebylasik em que o o centro da córnea é moldado para a enxergar de perto e a extremidade externa para enxergar de longe.

Os procedimentos podem requerer o uso de óculos ou de lentes depois de alguns anos. Isso porque, até os 60 anos a presbiopia pode progredir.

Os maiores de 60 anos que sejam portadores de catarata podem optar pelo implante de lente multifocal que elimina a necessidade de óculos depois da cirurgia. O tipo de lente depende da condição do olho, mas em 95% dispensa os óculos definitivamente.

Com o Pravda

Deixe um comentário simpático neste artigo: