Por que não sentimos as cócegas que fazemos em nós mesmos?

Defesa do cérebro

A GRAÇA DAS COSQUINHAS

Do blog BananaPost

Sentir cócegas é uma das reações mais normais do ser humano. É difícil conhecer alguém que não a tenha — por mais que seja em uma região muito pequena, por exemplo. Contudo, sabemos que não é possível fazê-la no próprio corpo, certo?

O motivo dessa “proibição” está no nosso cérebro. Tudo começa com o fato de a cócega ser um antigo método de defesa do corpo para identificar pequenos perigos, como aranhas andando pela perna — ou seja, é um mecanismo que percebe o inesperado e o desagradável.

No entanto, o cérebro reconhece todos os movimentos do corpo, de maneira que o batimento do coração ou o movimento das cordas vocais não seja considerado estranho. Dessa forma, o ato de tocar o próprio corpo já é esperado e o mecanismo de defesa não é acionado.

Por conta disso, ninguém consegue fazer cócegas em si mesmo — o que não chegar a ser um defeito, pois o barato mesmo é fazer com que outras pessoas se mijem de tanto rir.

Com TecMundo

Deixe um comentário simpático neste artigo: