Planta sobrevive 40 anos dentro de garrafa sem água ou ar

40 anos sem ar

MINI JARDIM ENGARRAFADO

Do blog ECOnsciência

É possível uma planta viver lacrada por 40 anos dentro de uma enorme garrafa de vidro, tampada e sem a menor brisa de ar fresco ou um pinguinho d’água que seja?

O jardineiro inglês David Latimer, de 80 anos, diz que engarrafou o vegetal em 1960 e vedou o frasco 12 anos depois. Mas, para sua surpresa, até hoje ela continua firme e forte.

Especialistas dizem que a garrafa pode ser um perfeito ecossistema completamente autossuficiente com a planta e bactérias trabalhando ativamente no solo.

A única coisa externa necessária para manter a planta viva durante tantos anos é a energia vital para promover a produção de glicose, seu alimento que a faz crescer e se manter viva. Evidentemente, a fonte energética vem do Sol.

A água já existia dentro da garrafa quando a planta foi inserida e ela continuou a ser reciclada, enquanto as bactérias da terra quebravam materiais orgânicos em decomposição que caíam da planta, liberando dióxido de carbono, tão necessário para o processo de fotossíntese.

O senhor Latimer disse que quatro espécies foram plantas e quando a garrafa foi lacrada, 3 morreram e apenas 1 sobreviveu todo esse tempo. Ele tem orgulho de sua “obra” e a mantém embaixo de sua escada.

Ele imagina deixar a garrafa para seus filhos quando morrer. Mas, se não quiserem, a Royal Sociedade de Horticultura da Inglaterra já demonstrou grande interesse em adquiri-la.

Com Jornal Ciência

Deixe um comentário interessante neste artigo: