Phantom Corsair 1938 – o primeiro carro do futuro. Fantasmagórico!

Automóvel antigo futurista

PARADIGMA TECNOLÓGICO

Do blog HotGaragem

Há mais de 70 anos, no final da década de 1930, Rust Heinz tinha certeza de haver percebido como seria o primeiro supercarro norte-americano. Batizou-o Phantom Corsair.

Sem qualquer tipo de experiência no ramo automobilístico, o sonho do jovem visionário só foi possível graças à grana que arrumou com a sua endinheirada família Heinz.

Ao se olhar para o único exemplar atualmente existente da caranga, qualquer um custa a crer que tal automóvel tenha sido concebido e produzido em 1938, em plena Era dos Calhambeques.

Sobre a plataforma do soberbo Cord 810 Rust Heinz e Maurice Schwartz desenharam um verdadeiro paradigma do automóvel futuro, não só ao nível das linhas como da tecnologia.

Ele possuía tração dianteira, rodas carenadas, suspensão independente, parachoques deformáveis, caixa de câmbio automática, abertura das portas comandada por um botão no painel de instrumentos e vai em frente.

Clássico antigo com design futurista

FANTASMAGÓRICO

O protótipo, custou, só ele, 24 mil dólares, uma verdadeira fortuna para a época pós Grande Depressão.

O Phantom Corsair podia levar 6 passageiros (4 na frente, 2 no banco de trás), pesava 2 mil 300 quilos e era alimentado por um potente Cord V8 de 4.7 litros melhorado para 190 cavalos — que levava o Phantom a atingir 185 Km/h.

Um painel de instrumentos de fazer inveja a qualquer avião, portas automáticas, controle de temperatura do interior, vidros fumê, suspensão hidráulica e um excepcional isolamento térmico.

Um modelo de alto nível, mas a verdade é que o preço de produção não o tornaria comercial, mas muito difícil de vender.

Heinz fez uso particular do carro até ao dia da sua morte, com apenas 25 anos de idade. O carro foi guardado pela família e posteriormente vendido.

Hoje, felizmente, reconhecido como obra de arte que é, o incrível Phantom Corsair 1938 está exposto no National Automobile Museum em Reno, no estado de Nevada.

Com AutoClassic

Um comentário em “Phantom Corsair 1938 – o primeiro carro do futuro. Fantasmagórico!

Deixe um comentário simpático neste artigo: