Participe da doação de cabelo para meninas e mulheres com câncer

PERUCAS PARA AS PACIENTES DA QUIMIO

Perucas - Quimioterapia

Cortar o cabelo pode ter um significado muito além da estética e da moda. Doar as “madeixas” para a fabricação de perucas é um jeito indolor de ajudar pessoas que estão na batalha contra o câncer.

Segundo estimativas do Instituto Nacional do Câncer, somente em 2014 mais de 235 mil mulheres deverão ser diagnosticadas com essa doença. E, por causa da quimioterapia, elas vão ficar carecas.

Uma das consequências mais visíveis desse tipo de tratamento, altamente agressivo, é a queda, não só do cabelo, como de todos os pelos do corpo, o que acaba afetando a autoestima das pacientes.

Em contrapartida, por sorte existem muitas mulheres com cabelo de sobra e dispostas a ajudar.

Há muitas organizações empenhadas em receber doações, como o Cabelegria, uma iniciativa parceira do Hospital do Câncer de Barretos, em São Paulo.

Criada em outubro de 2013, a ONG foi idealizada pelas paulistas Mylene Duarte e Mariana Robrahn.

COMO FAZER A SUA DOAÇÃO

A intenção era obter uma ferramenta que conectasse os dois pontos da cadeia: quem quer ajudar, mas não sabe como, e quem precisa receber. Deu certo.

Em menos de um ano de trabalho, a página no Facebook passou de 195 mil seguidores e as doações já ultrapassaram sete mil, com mais de 20 perucas entregues. Atualmente, a página conta com quase 220 mil curtidas.

Como participar? Alguns passos devem ser seguidos para o melhor aproveitamento do cabelo doado.

O próprio Cabelegria dá as dicas: primeiro é importante salientar que são aceitos todos os tipos de cabelo, mesmo os que passaram por tratamento químico, como pintura ou alisamento.

Para doar é necessário que ele tenha o comprimento mínimo de dez centímetros. Antes de cortar amarre-o em um rabo de cavalo, corte acima dessa marcação e o guarde em um saco plástico.

O cabelo pode ser enviado por correio para qualquer ONG que atue nesta área. Já o Hospital do Câncer de Barretos possui um convênio com a ECT e, assim, a remessa é inteiramente gratuita.

Perucas - Quimioterapia

Clique no infográfico para ampliar

Deixe um comentário interessante neste artigo: