Parentes acham roteiro inédito para filme falado de Charlie Chaplin

Cultivo de arroz

CRÍTICA À EXPLORAÇÃO CAPITALISTA

A Cachaça da Happy Hour

Foi encontrado em arquivos da família de Charlie Chaplin um manuscrito inédito de um roteiro para um filme falado. São 15 páginas escritas à mão com diálogos para uma sátira ao colonialismo britânico. A ideia teria surgido após uma visita do ator e diretor à ilha de Bali em 1932.

É a segunda descoberta recente do acervo do gênio do cinema, antecedida por Zepped — peça esquecida de propaganda política da Primeira Guerra Mundial.

O biógrafo David Robinson acredita que o rascunho de “Bali” tenha sido a primeira tentativa de Chaplin de levar às telas um filme totalmente falado.

No manuscrito, ele retrata os colonizadores de forma cômica ao forçar os nativos da ilha a pagar impostos por estradas desnecessárias e cultivar mais arroz do que eles são capazes de consumir.

O primeiro filme de Chaplin com diálogos, “O Grande Ditador”, foi lançado apenas em 1940.

Primeiro filme falado de Chaplin

Fonte

* * *

Blog da Nívia de Oliveira Castro

Deixe um comentário simpático neste artigo: