Os primeiros utensílios de cerâmica usados para cozinhar

A ESTRATÉGIA DE SOBREVIVÊNCIA EXTREMA

Potes usados para cozinhas

Nossos ancestrais “caçadores-coletores” que viveram no final do período glacial, há 15 milênios, já utilizavam potes e tigelas feitas de cerâmica para cozinhar peixes.

A descoberta dos pesquisadores da Universidade de York é espetacular. Até agora, pensava-se que esses utensílios haviam surgido apenas com a chegada da Agricultura, 5 mil anos depois.

Ou seja, os primeiros vasilhames de barro cozido já eram utilizados bem antes do período Neolítico, provavelmente no fim do Pleistoceno.

Nesta época, o ser humano já existia e a única espécie de hominídeos encontrados em registros fósseis é o Homo erectus, que se ajustava às mudanças de clima e novos ambientes.

Os animais típicos desta época foram a rena, o urso polar e o rinoceronte lanoso, todos ainda na sua forma primitiva.

As primeiras evidências analisadas pela equipe britânica foram encontradas no Japão, país conhecido por ser pioneiro na inovação da cerâmica.

Os pesquisadores realizaram análises químicas nos resíduos alimentares em cerâmicas de cerca de 15 mil anos de idade, sendo as cerâmicas mais antigas já estudadas até agora.

Segundo o Centro de Pesquisa BioArCh da Universidade de York, “os primeiros utensílios utilizados feitos de cerâmica significaram uma nova estratégia que revolucionou o processamento de peixes marinhos e de água doce”.

O mais interessante, todavia, é que esta “adaptação fundamental” tenha surgido ao longo de um período de mudanças climáticas extremamente severas.

A fase de produção inicial de cerâmica, já naquela época, indica que ela foi favorecida pela abundância de alimentos costeiros, que eram melhor aproveitados quando feitos em objetos de cerâmica.

O estudo demonstra que “é possível analisar os resíduos orgânicos de alguns dos objetos mais antigos do mundo, os vasos de cerâmica”.

Ela abre o caminho para um estudo mais aprofundado sobre os caçadores-coletores e as cerâmicas dos períodos posteriores que esclarecem como se deu o desenvolvimento desta tecnologia revolucionária.

Deixe um comentário interessante neste artigo: