O que aconteceu de diferente no dia 11/11/11? Um palíndromo!


Palíndromo 11/11/11

UMA DATA INCOMUM

A Cachaça da Happy Hour

Não faço a mínima ideia se foram abertos os tais vórtices energéticos de algum portal interdimensional ou algo mais espetaculoso ainda com a ocorrência da data aguardada com tanta ansiedade.

Isso fica por conta dos adeptos das práticas esotéricas. De concreto mesmo, afora a energia e o tempo gastos com especulações na rede, ficou uma certeza: esta sexta-feira foi o Dia do Palíndromo!

Quando o relógio marcou 11 horas, 11 minutos e 11 segundos deste dia 11/11/11 estivemos perante um palíndromo de 12 dígitos – uma sequência de unidades que pode ser lida tanto da direita para a esquerda como da esquerda para a direita.

Outro desses — não estaremos mais aqui para ver — só daqui a 1 século.

Ano que vem teremos outra repetição numérica, às 12 horas, 12 minutos e 12 segundos do dia 12/12/12 – mas não será um palíndromo…

Além dos algarismos, valem também frases que são palíndromos em português:

ANOTARAM A DATA DA MARATONA

ASSIM A AIA IA À MISSA

A DIVA EM ARGEL ALEGRA-ME A VIDA

A DROGA DA GORDA

A MALA NADA NA LAMA

A TORRE DA DERROTA

LUZA ROCELINA, A NAMORADA DO MANUEL, LEU NA MODA DA ROMANA: ANIL É COR AZUL

O CÉU SUECO

O GALO AMA O LAGO

O LOBO AMA O BOLO

O ROMANO ACATA AMORES A DAMAS AMADAS E ROMA ATACA O NAMORO

RIR, O BREVE VERBO RIR

SAIRAM O TIO E OITO MARIAS

E por aí vai…

Com a colaboração involuntária de Waldyr Kopezky no blog de Luis Nassif 

* * *

Blog da Nívia de Oliveira Castro

Deixe um comentário simpático neste artigo: