O portal dourado de uma caverna mágica na ilha de pedras

UMA ESPÉCIE DE  FAROL MÍSTICO NATURAL

Portal dimensional

Este incrível farol místico de luz dourada, brilhando como um portal dimensional através de um arco de pedra, não parece saído de um filme tipo Indiana Jones?

Só que ao invés de ser criado com efeitos especiais, o intenso fulgor alaranjado é um fenômeno natural que ocorre apenas durante algumas semanas de cada ano.

Então saiba que capturar essa luminosidade deslumbrante e rara com uma câmera é um dos maiores troféus para fotógrafos de natureza nos EUA

Os raios ocorrem nas semanas próximas do solstício de inverno, quando o Sol se põe no nível perfeito por trás do arco rochoso em Pfeiffer Beach, Califórnia.

O portal é conhecido como Keyhole Arch ou Pfeiffer Arch e age como um ímã para fotógrafos profissionais e amadores de todo o mundo, ávidos pelo clique perfeito.

Caverna mágica nas pedras

A gloriosa luz acontece quando o Sol se põe diretamente atrás da abertura e quando a maré está alta o suficiente para refletir a luz no ângulo exato.

E as condições meteorológicas também têm que ajudar. Para captar o brilho quase sobrenatural o céu deve ter a quantidade certa de nuvens no horizonte.

O arco é uma formação natural e mede cerca de 6×6 metros. O feixe de luz especial dura apenas cerca de cinco minutos antes que o Sol finalmente se ponha.

Sua brevidade significa que os fotógrafos são obrigados a se posicionar com as câmeras milimetricamente perto da praia a fim de obter o ângulo ideal – cerca de 35 graus.

O canadense Mark Brodkin entrou na água para capturar não só imagens perfeitas, como penetrar num mundo encantado onde natureza e imaginação humana se fundem.

Caverna dourada

Clique nas imagens acima para ampliar

2 comentários em “O portal dourado de uma caverna mágica na ilha de pedras

  • 16 de setembro de 2015 em 00:20
    Permalink

    Amei !! Muito lindo !!

    Resposta
  • 28 de maio de 2013 em 12:17
    Permalink

    Divinamente espetacular!!!
    Coisas que so a natureza pode criar…

    Resposta

Deixe um comentário simpático neste artigo: